Prevenção à Covid-19 e Influenza: com o aumento de casos, Serviço Médico do TJAP alerta população para cuidados

Com o aumento significativo de casos de Covid-19 e Influenza na capital amapaense e em cidades do interior do Estado, o Tribunal de Justiça do Amapá (TJAP), por meio de seu Serviço Médico, alerta população para cuidados essenciais para prevenir a propagação de novos casos das doenças e a importância da vacinação para a prevenção de ambas as enfermidades.

Em razão disso, o encarregado do Serviço Médico do TJAP, o enfermeiro Patrick Fortunato, ressaltou a importância de cada um adotar medidas de prevenção à Covid-19, as mesmas orientadas durante toda a pandemia que foi mais intensa de 2020 a 2021, como: evitar aglomerações, especialmente em lugares fechados; manter regularmente a higiene das mãos com água e sabão ou álcool em gel; além de usar máscara cobrindo nariz e boca. O profissional de saúde reforçou que “a vacinação ainda é a melhor forma de combater a doença – e as mesmas orientações servem para a Influenza”.

Públicos externos do TJAP, como população carcerária, pessoas em ambientes de audiência de custódia, entre outros com atendimento ao público, precisam de cuidados redobrados. Para tal, o uso de máscara é essencial, segundo o Serviço Médico do Poder Judiciário.

O avanço da Covid-19 acende alerta e é essencial trabalhar na conscientização. Ao todo, foram confirmados mais de 500 novos casos de Covid-19 no Amapá, de acordo com dados oficias. Idosos e crianças são maioria de infectados. “Os cuidados permanecem os mesmos desde 2020, no início da pandemia. Ainda temos baixa cobertura vacinal, que é cerca de 14% apenas, especialmente da vacina Bivalente, que é a mais recente e que atende o atual Panorama da Covid-19”, observou o enfermeiro.

“A principal recomendação é procurar se vacinar, especialmente o público mais vulnerável, que são atualmente os idosos e as crianças. Além disso, é preciso distanciamento de uso de máscara lavar as mãos com frequência e a utilização do álcool gel, sobretudo no ambiente de trabalho. A melhor forma de prevenir da Codid-19 é a vacinação”, detalhou Patrick Fortunato.

“Em relação às unidades que atendem o público jurisdicionado, orientamos que estes servidores usem máscara no trato com o usuário externo, pois essa medida é para a proteção do próprio servidor e do jurisdicionado. Temos máscaras disponíveis e demais Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) para suprir todas as unidades do Poder Judiciário”, destacou o enfermeiro.

Mais sobre o Serviço Médico

Desde o ano de 2014, o Serviço Médico do Poder Judiciário do Amapá, vinculado à Secretaria de Gestão de Pessoas, se destaca em função das ações preventivas que desenvolve em vista a boa qualidade de vida dos magistrados, serventuários e sociedade como um todo. A Unidade especializada funciona no 4º andar do Fórum desembargador Eduardo Contreras, localizado na Avenida Raimundo Álvares da Costa, Nª 412, Centro de Macapá.

Como a sociedade deve proceder

Na quarta-feira (10), o secretário municipal de Vigilância em Saúde de Macapá, Gilmar Domingues, enfatizou, durante entrevista concedia à JudiciRádio, rádio web da Justiça do Amapá, quando foi entrevistado pelo jornalista Ricardo Medeiros, sobre a importância das vacinas para as pessoas e a ampliação das campanhas de vacinação contra a Covid-19.

O secretário municipal de Vigilância em Saúde ressaltou que é fundamental que a população procure um posto de vacinação e se previna contra enfermidades virais. Gilmar Domingues alertou para os cuidados com doenças respiratórias durante o período chuvoso que compreende os meses de janeiro, fevereiro e março.

Segundo ele, são meses propícios à multiplicação de adoecimento viral. Essa estação facilita o aumento da transmissão de vírus como: gripe, Covid-19, Influenza e outras patologias associadas.

“Ao sentir os primeiros sintomas, fique atento e tome medidas de proteção: use máscaras, álcool em gel ou higienize as mãos com água e sabão e cobrir nariz e boca ao espirrar ou tossir. Se persistirem os sintomas como febre, dor no corpo, coriza e tosse, procure uma das Unidades Básicas de Saúde (UBSs) de Macapá”, frisou o gestor.

São cinco UBSs com atendimentos de urgência e emergência: Marcelo Cândia; Perpétuo Socorro; Marabaixo; Fazendinha e a Unidade de Pronto Atendimento – UPA do Buritizal. Nas demais unidades básicas, o funcionamento é durante toda a semana, das 8 às 17h. Os atendimentos na UPA do Buritizal e UBS Perpétuo Socorro atendem 24h, nas unidades Marcelo Cândia, Fazendinha e Marabaixo, das 7h à 1h da madrugada. Os postos de saúde oferecem vacinas de rotina, contra Influenza, Covid-19, e outras doenças imunopreveníveis.

Para realizar o atendimento, é preciso de documento com foto, cartão de vacinação e do SUS e comprovante de residência. Além das unidades, existem os pontos de atendimento itinerante.

O público alvo da vacinação são crianças de 6 meses até 6 anos, gestantes, puérperas, povos indígenas, pessoas com comorbidades, trabalhadores da saúde, idosos acima de 60 anos, profissionais da educação, pessoas com doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais, pessoas com deficiências, profissionais das forças de segurança, salvamento e forças armadas, caminhoneiros, trabalhadores do transporte coletivo, trabalhadores portuários e funcionários do sistema prisional.

– Macapá, 12 de janeiro de 2024 –
Secretaria de Comunicação do TJAP
Texto: Elton Tavares e Ricardo Medeiros
Arte: Nina Éllem
Fotos: Flávio Lacerda e Rafaelli Marques
Central de Atendimento ao Público do TJAP: (96) 3312.3800

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *