Procuradora-geral de Justiça do MP-AP, em exercício, participa da solenidade de troca de comando do Exército Brasileiro no Amapá


A procuradora-geral de Justiça do Ministério Público do Amapá (MP-AP), em exercício, Socorro Milhomen Monteiro Moro, acompanhada da secretária-geral do MP-AP, promotora de Justiça Ivana Cei, participou nesta sexta-feira (12), no Quartel do 34º Batalhão de Infantaria de Selva (BIS), da solenidade de troca de comando de Fronteira do Amapá. Na ocasião, o coronel Robson Matos deixou o posto e foi sucedido na gestão da unidade militar no Estado pelo tenente coronel Gelson de Souza.

O coronel Matos ficou à frente do destacamento militar desde fevereiro de 2015. O tenente coronel Gelson Souza chefiará a unidade por dois anos, podendo ser prorrogado por mais 365 dias. A efetivação do novo comandante do 34º BIS foi conduzida pelo comandante militar do Norte, General de Exército Carlos Alberto Neiva Barcelos.

De acordo com o comandante militar do Norte, o coronel Matos conseguiu construir e consolidar uma liderança significativa para todos os colegas de profissão. O general Barcelos afirmou que confia na capacidade do novo chefe militar do Amapá e desejou sucesso ao mesmo em sua nova missão.

Prestadas as honras, a PGJ do MP-AP, em exercício, parabenizou o novo comandante do 34º BIS e ressaltou a importância do papel da entidade para o Amapá, sobretudo na região de fronteira do Estado, em Oiapoque.

Também participaram da solenidade: o vice-governador do Estado, Papaléo Paes; o presidente do Tribunal de Justiça do Amapá (Tjap), desembargador Carlos Tork; os senadores Randolfe Rodrigues e Davi Alcolumbre; prefeito de Macapá, Clécio Luís Vieira; e a promotora de Justiça Neuza Barbosa, entre outras autoridades civis e militares do Amapá e das forças armadas da Guiana Francesa (FRA).

SERVIÇO:

Elton Tavares
Assessoria de Comunicação do Ministério Público do Estado do Amapá
Contato: (96) 3198-1616
E-mail: [email protected]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *