Produtores recebem capacitação de compostagem e irrigação em assentamentos no Amapá

O Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas no Amapá (Sebrae) e o Instituto de Extensão, Assistência e Desenvolvimento Rural do Amapá (Rurap) realizaram nove Oficinas de Adubação e Irrigação – Teoria e Prática. A atividade faz parte do Projeto Produzir Brasil para capacitar 394 produtores rurais nos assentamentos Santo Antônio da Pedreira; Bom Jesus; Governador Janary; Cedro; Nova Vida; Perimetral Norte; Matão do Piaçaca; Irineu e Felipe; e Ferreirinha; nos municípios de Macapá, Tartarugalzinho, Pedra Branca do Amapari, Santana, Calçoene, e Ferreira Gomes.

De acordo com o gestor do Projeto Produzir Brasil, Erick Dias, o Sebrae e o Rurap finalizam mais uma ação do projeto, em nove assentamentos, para atender a deficiência que se apresenta em todos os assentamentos onde o Produzir Brasil atua, e têm a mesmas dificuldades de acessar adubo orgânico e inorgânico.

“Com o treinamento, os produtores trabalham a prática de compostagem, têm acesso a metodologias que podem utilizar na própria propriedade, com insumos para produzir o próprio adubo e irrigação também; pois 90% deles não têm sistema de irrigação própria, não sabem o que é molhação de planta e nem processo de irrigação sistematizado. Então a gente atende para reduzir essas deficiências dentro das propriedades agrícolas”, destaca o gestor Erick Dias.

Rurap

O engenheiro agrícola e analista de movimento rural do Rurap, Omar Pimentel, informa que ministra um treinamento sobre noções básicas de irrigação, e ressalta que a capacitação qualifica sobre as noções básicas de irrigação, os tipos de sistemas que o agricultor familiar pode utilizar na propriedade, em nível da localidade para a realidade do estado do Amapá, e também a questão do manejo da irrigação, quanto irrigar, quando irrigar, quando se acha que a planta está necessitando, quando se acha que já está de acordo com a necessidade dela.

“Temos produtores de frutíferas e horticulturas que no período de déficit hídrico, principalmente em meados de agosto até meados de dezembro sofre muito com o estresse hídrico, com falta d’água, então esse conhecimento para eles, é no sentido de amenizar, minimizar esses riscos e com isso garantir uma produção melhor”, disse o engenheiro Omar Pimentel.

Produtor

O presidente da Associação dos Moradores Agricultores e Piscicultores do Assentamento Governador Janary (Amap), Ozias Tavares Castro, informa que está a aproximadamente 32km do Município de Tartarugalzinho, e destaca a importância de fazer parte de um curso de adubação e irrigação ofertado pelo Sebrae referente ao Projeto Produzir Brasil.

“O curso vem contribuir de forma significativa para o desenvolvimento das nossas atividades agrícolas, tendo em vista que nessa época do ano é o período do verão, então o solo fica bastante seco e esse curso vem otimizar nossos conhecimentos para que possamos ter uma melhor produção da nossa cultura, que trabalhamos aqui no nosso assentamento e venho agradecer a parceria do Sebrae juntamente com Rurap que estão ministrando”, finaliza o produtor Oziclei Tavares.

As capacitações aos produtores rurais são coordenadas pela gerente da Unidade de Atendimento Coletivo – Agronegócio e Indústria do Sebrae no Amapá (UAC-Agrin), Larissa Queiroz; e pelo gestor do Projeto Produzir Brasil, Erick Dias, em parceria com o Rurap, por meio dos instrutores Omar Pimentel e Mário Vitorino.

Unidade de Marketing e Comunicação do Sebrae no Amapá
Contato: (96) 3312-2832

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *