Professor Paulo Flores ministra oficina de Choro e Marabaixo em Macapá

Estão abertas as inscrições para a oficina de choro e marabaixo que será ministrada pelo professor Paulo Flores. As inscrições podem ser feitas pelo link http://www.brasilinstrumental.com/oficinamacapa A oficina foi preparada especialmente para o público amapaense aliando a cultura do norte e do sudeste brasileiro.

A mesma será realizada em duas fases a primeira presencial onde serão trabalhadas músicas de Benedito Lacerda e Pixinguinha com a técnica de arranjo e composição “In loco”. A segunda fase será online com atendimento individual de cada aluno inscrito, no âmbito técnico e teórico e acesso a plataforma EAD com carga de 12 horas.

Paulo Flores, músico, educador, pesquisador, poeta, ilustrador. co-criador e Idealizador do curso de MPB e Jazz do Conservatório de Tatuí, Festival Brasil Instrumental, Circuito Cultural (atual Oficinas de Música), Orquestra de Câmara de Tatuí, Mostra Brasil Instrumental, Cambada Jazz Combo, Banda Curare, Projeto Benê O Flautista, Oficina Documentário e Exposição Temática Benê, O Flautista, Projeto Pixinga, O Arranjador, Banda Brasil Instrumental, Oficinas de Resgate de Bandas, Janelas Contemporâneas, Músicos sem Fronteiras e muitos outros projetos e trabalhos premiados dentro e fora do país. Como compositor e arranjador vem trabalhando com vários artistas, entre eles, Dori Caymmi, Mônica Salmaso, Proveta, Teco Cardoso, Paulo Freire, Ricardo Herz, Vinícius Dorin, Gabriel Grossi, Nenê, Léa Freire, Arismar do Espírito Santo, Sizão Machado, Hercules Gomes, Fernando Correa, Toninho Ferragutti, Laércio de Freitas, Edmundo Villani, Patricia Bastos, Paulo Bastos, Joãozinho Gomes, Lupa Santiago, Paulo Braga, Ed Sarath , Daniel Barry, Rusty Burge, Ed Neumaister, Aldo Salvanti e outros.

Fonte: Café com Notícias

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *