Programa “Conhecendo o Artista”: hoje Kássia Modesto entrevista os atores Ingrid Ranna e Allan Gomes

Hoje, é dia de Conhecendo os Artistas. Para esse encontro lindo, teatral e poético, receberemos Ingrid Ranna e Allan Gomes. Os nossos encontros, sempre marcados para as quintas as 20h e aos sábados as 21h tem trazido paz, amor, diversão e muita arte para esse momento pandêmico. E nós aguardamos você, para desfrutar dessa troca conosco.

Allan Jhonathan da Silva Gomes

Natural de Almerim, Pará, Allan Gomes é artista de teatro e literatura desde de 2009 quando participou de uma oficina de teatro ministrada pela Cia Santa Art’s, e logo em seguida integrou o grupo. Participou de diversas oficinas, entre as quais destacam-se: Dramaturgia: Leituras em Cena – Sesc (2013); Dramaturgias em jogo – Magiluth – Sesc (2014); Dramaturgia: Leituras em Cena – Sesc (2014). Dramaturgia por Joyce Araújo – Sesc (2017); Interpretação Autoral – Teatro de Açúcar – Sesc; 2017: “Dramaturgia: O Ator Inconformado” por Vinícius Piedade – Sesc (2017). Allan já participou de diversas peças teatrais, dente as quais, destacam-se: “Ploc, a borboleta mais linda que já vi” do grupo Santa Art’s, “Patativa, verbo poético do Sertão” da Cia de Artes Tucuju e “Curupira, um ser inesquecível” do grupo Desclassificáveis, espetáculo que circulou no Amazônia das Artes em 2014. Enquanto literatura escreve textos em verso e em prosa, e participou de uma oficina de escrita do grupo Pena e Pergaminho (2013).

Ingrid Rayana da Silva Lima

Natural de Belém, capital do estado do Pará, Ingrid Ranna é fazedora cultural nos segmentos de literatura e teatro desde de 2013. Participou de oficinas formativas diversas, como: Iniciação Teatral do Sesc ministrado por Almando Storck, Dramaturgia por Joyce Araújo, Dramaturgia “O Ator Inconformado” por Vinícius Piedade. Foi fundadora da Companhia Arte em Movimento que existiu por 2 anos, sendo o trabalho mais significativo a Performance poética “Um Grito Negra” em 2015. Entrou no Movimento Cultural Desclassificáveis em 2015, participou enquanto atriz das peças “Cristo por Elas” nos anos de 2015 e 2017, e Curupira, um ser inesquecível, o trabalho mais expressivo com este grupo, participando do elenco entre 2015 e 2017. Atualmente participa da Cia de Artes Tucuju, onde atuou em diferentes espetáculos como atriz, diretora, produtora e/ou declamadora, entre os trabalhos principais estão Liberdade ao Negro em 2014, Sagradas Escrituras de 2014 a 2017, Patativa, Verbo Poético do Sertão em 2015, O Auto da Estrela Guia desde 2014, Como Carniça Urubus em 2017, Origem das Bolhas e Sobre(Viver) em 2018, Nós entre nós em 2016 e 2018, sendo no vencedor do festival Curta Teatro (AP) 2018, e o trabalho literário Patativas Tucujus, atualmente. Organiza os saraus “Só para Raros” e o “Sarau na Roça”, que já conta com várias edições. Ainda pela companhia assinou a produção do 1°Festival de Teatro e Circo Solo do Estado do Amapá, In Solos Tucujus 2019.

Juntos, Allan e Ingrid fundaram a AGIR Produções Artísticas, que ao longo dos 4 anos de existência desenvolveu o espetáculo O Varal de 2015 a 2018, “Íntimo” em 2017, e o “Sarau Literário De janeiro a dezembro” que teve seu início em 2018, neste mesmo ano participou do projeto Caravana Sesc das Artes. Ainda com este trabalho literário em 2019 foi colocado em prática o projeto interno de circulação percorrendo diversos bairros da cidade.

AGIR Produções Artísticas é uma companhia criada com o objetivo de produzir experimentos cênicos e literários com temáticas diversas para, assim, levá-los a todos os locais possíveis de serem apresentados. Surgiu em maio de 2015 quando iniciaram o processo criativo da primeira peça teatral: “O Varal”, que foi apresentado pela primeira vez na programação do evento “Sarau Só Para Raros”, realizado pela Cia de Artes Tucuju, o sarau fez parte programação da IV Assembleia Estadual ANEL(Aliança Nacional dos Estudantes Livre)-AP, que aconteceu na UEAP. A atração foi selecionada no Edital da 51ª Expofeira do Amapá. Em 2016 o grupo se apresentou no sarau organizado pelo Sindicato dos Servidores Públicos em Educação no Amapá –SINSEPEAP. Em março “O Varal” foi apresentado na escola Jardim I. Em fevereiro de 2017 foi iniciado o processo de criação do o experimento cênico “Íntimo” que aborda crise existencial como temática e foi apresentado dia 26/04 no Teatro das Bacabeiras na mostra competitiva da segunda edição do Festival Curta Teatro do Amapá. No mesmo ano com o espetáculo “O Varal” o AGIR foi aprovado no edital de seleção de apresentações artísticas e culturais para a programação do Macapá Verão 2017. A apresentação ocorreu no dia 23 de julho na Estação Criança, na praça Floriano Peixoto. Em outubro o grupo participa do Projeto Vamos Comer Teatro – SESC/AP, com o “O Varal”, que foi apresentado duas vezes no salão de eventos do SESC/AP e no Amapá Garden Shopping em programações voltadas ao dia das crianças, e com o “Íntimo” em algumas escolas da rede pública de ensino. Em 2018 iniciam um novo trabalho, chamado “De janeiro a dezembro” que teve sua estreia em 04 de maio no Jardim I. No edital de credenciamento de propostas de apresentação artística nas linguagens: artes cênicas e literatura do SESC/AP, a companhia foi selecionada com os espetáculos “De janeiro a dezembro” e “O Varal”, desta vez fazendo parte do projeto Caravana SESC Das Artes, viajando para os municípios de Oiapoque e Laranjal do Jari, onde ministraram oficinas para alunos de escolas de ensino fundamental e realizaram apresentações artísticas. Participaram de uma mostra competitiva na escola particular de ensino infantil Ciranda do ABC que fica no Jardim I, apresentando um trecho do espetáculo “De Janeiro a Dezembro” e avaliando as apresentações dos alunos. Em dezembro participaram programação de Natal da Toca do Saci realizado pelas artistas Ruth Xavier e Eugenia Mesquita. Em 2019 o espetáculo “De janeiro a dezembro” começa a fazer uma circulação pelos bairros de Macapá, apresentando no Jardim I e Congós no mês de janeiro, na Casa Circo (Laguinho) e Baixada Pará (Pacoval) em fevereiro, em março participou da inauguração do Ponto de Cultura Imagem e Cia (Renascer), no Quintal Encantado (São Lázaro) e no Núcleo Âmago (Laguinho) em abril, no IBES (Infraero II), “Lua” (Renascer) e no Ateliê Supernova (Infraero I) em maio, Santa Rita em junho, CÉU das Artes (Infraero II) e Laurindo Banha em Julho, Sede da Cia Cangapé (Araxá) em agosto, Curiaú e Encanto dos Alagados (Muca) em setembro, Renascer II e Jardim Marco Zero em outubro. Em 28 de julho de 2020 o espetáculo fez parte da programação da Estação Criança do Macapá Verão 2019.

Então, nós aguardamos você hoje às 20h no insta @srta.modesto, no programa Conhecendo o Artista.

Apresentadora: Kássia Modesto
Roteiro: Marcelo Luz
Produção: Wanderson Viana
Arte: Rafael Maciel
Artistas Convidados: Ingrid Ranna e Allan Gomes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *