Programa Segundo Tempo é lançado no Amapá

                                                               Foto: Antônio Sena.

O governador do Amapá, Camilo Capiberibe, recebeu, nesta quinta-feira, 16, no Aeroporto Internacional de Macapá, a visita do ministro dos Esportes, Orlando Silva Junior, que veio para o lançamento do Programa Segundo Tempo. O objetivo do projeto é oferecer práticas esportivas educacionais, estimulando a interação de crianças e adolescentes para o desenvolvimento integral e promover a cidadania nos jovens. Ao todo, o investimento do Governo Federal totaliza R$ 4 milhões, com contrapartida de 800 mil do Governo do Estado.

Conforme o secretário de Estado do Desporto e Lazer, Luiz Pingarilho, O Programa vai atender 12 mil crianças e adolescentes de 7 a 17 anos que vivem em área de risco social. O titular da Secretaria de Estado de Desporto e Lazer (Sedel) explicou que a durabilidade do programa é de um ano, com possibilidade de renovação.

“O Segundo Tempo é o principal programa do Ministério dos Esportes. A medida oportuniza o desenvolvimento humano, inclusão social e estimula os jovens a praticar esportes. Além das 12 mil crianças e adolescentes inscritos, vamos empregar cerca de 300 profissionais da área da Educação Física para executar a ação”, disse Luiz Pingarilho.

De acordo com o ministro, o Amapá possui potencial esportivo, já que revelou talentos como Belissa Lisboa (campeã brasileira de tênis de mesa escolar de 2010), Jáder Souza (campeão panamericano de natação). Além de vencedores dos jogos escolares, beneficiários do Bolsa Atleta.

“Queremos que, além dos benefícios sociais, possamos descobrir aqui atletas de várias modalidades que possam ter desempenho nacional e internacional. O programa Segundo Tempo será uma oferta de direitos, mas também uma oportunidade para os jovens amapaenses vivenciarem o esporte e, quem sabe, termos alguns atletas do Amapá nas Olimpíadas do Rio de Janeiro, que será realizada em 2016. É o Governo Federal e o Governo do Estado ofertando qualidade de vida”, afirmou o ministro.

O governador afirmou que em sua gestão, toda política de integração social do Governo Federal receberá o apoio do Governo. Pois a melhoria da qualidade de vida do povo amapaense é um compromisso de Camilo Capiberibe para com o cidadão amapaense.

“É uma felicidade muito grande receber o ministro e lançar o programa Segundo Tempo no Estado, já que a ação vai beneficiar milhares de jovens no Amapá. Este tipo de política é fundamental para o desenvolvimento das nossas crianças e adolescentes”, destacou o governador.


Visita ao Zerão e terreno onde será construída a Praça da Juventude

Durante sua visita à Macapá, o ministro visitou as obras do Milton de Sousa Corrêa, o Zerão, localizado na zona Sul da capital amapaense, que tem previsão de reinauguração para dezembro de 2011. De acordo com o administrador do Zerão, Ubiratan Silva do Espírito Santo, após a conclusão da reforma, o estádio será modernizado e terá capacidade para abrigar 1.858 torcedores.

“Estamos concluindo a primeira parte da obra, orçada em R$ 10 milhões. O gramado e drenagem estão prontos. Passaremos para a segunda etapa, de cobertura das arquibancadas e entorno do Estádio. Tenho certeza que em dezembro assistiremos grandes jogos no Zerão”, destacou o administrador.

Para o governador, a reforma do Zerão não é suficiente. Camilo Capiberibe conversou com o ministro dos Esportes sobre a ampliação do Estádio.

“Estamos articulando com o ministro para que seja possível ampliarmos o Zerão até a Copa do Mundo de 2014. Pois mesmo que nenhuma seleção venha treinar aqui, pretendemos, por meio de uma política de eventos ligados ao futebol, atrair turistas e atenção para o Amapá”, pontuou o governador.

Orlando Silva também visitou, acompanhado do governador, o terreno no bairro Infraero II, onde será construída a Praça da Juventude. O espaço terá o objetivo de promover o esporte e cultura para os moradores de Macapá.



                                                               Foto: Antônio Sena.

Segundo tempo
O Segundo Tempo é um programa do Ministério dos Esportes (ME) que visa democratizar o acesso à prática e à cultura do Esporte, promovendo o desenvolvimento integral de crianças, adolescentes como fator de formação da cidadania e melhoria da qualidade de vida, prioritariamente em áreas de vulnerabilidade social.

Outros objetivos do programa é oferecer condições adequadas para a prática esportiva educacional de qualidade; Desenvolver valores sociais; Contribuir para a melhoria das capacidades físicas e habilidades motoras; Contribuir para a melhoria da qualidade de vida (auto-estima, convívio, integração social e saúde);O segundo tempo também objetiva a diminuição da exposição aos riscos sociais (drogas, prostituição, gravidez precoce, criminalidade, trabalho infantil e a conscientização da prática esportiva, assegurando o exercício da cidadania).

No Amapá, serão implantados 60 núcleos esportivos educacionais nas escolas estaduais e municipais, em sete municípios do Estado. São eles: Macapá, Santana, Mazagão, Serra do Navio, Porto Grande, Pedra Branca do Amapari e Tartarugalzinho. O programa terá um coordenador para cada núcleo e 120 monitores, sendo dois para cada núcleo. Além das atividades esportivas os jovens receberão ainda reforço alimentar.

Também acompanharam a visita do ministro a vice-governadora, Dora Nascimento, secretários de Estado, os deputados federais Evandro Milhomem e Dalva Figueiredo e o prefeito de Macapá, Roberto Góes.

Elton Tavares
 Assessor de Comunicação Social
Secretaria de Estado da Comunicação Social
Compartilhe isso!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*