Projeto de lei garante acessibilidade às pessoas com ostomia/estomia

 


Foi aprovado na manhã de hoje, 18, por unanimidade na 20ª sessão ordinária da Câmara de Municipal de Macapá, em Ambiente Virtual, o projeto de lei 009/2021 de autoria do vereador Claudiomar Rosa (AVANTE), que dá o direito de acessibilidade às pessoas com ostomia/estomia aos banheiros de uso público, mediante a instalação de equipamentos adequados, estabelecendo o atendimento prioritário. O PL também determina a criação de carteirinha municipal de identificação das pessoas que com ostomia/estomia.

Atualmente, no Brasil, vivem mais de 400.000 (quatrocentas mil) pessoas com ostomia/estomia, e anualmente cresce o número de pessoas que se submetem à ostomia, procedimento este, que consiste na exteriorização do sistema (digestório, respiratório e urinário), criando um orifício externo.

No Amapá, existe a Associação dos Ostomizados, presidida pela senhora Rosilete Maria Paes, que de acordo com registros feitos pela associação, em Macapá, existem aproximadamente 300 (trezentas) pessoas com este problema, que não passam somente pela questão de acessibilidade, mas que sofrem preconceitos sociais. “Esta é uma vitória de todos que sofremos com isso. Este PL, tem um significado muito grande pra vida dos ostomizados de Macapá. Ela representa nossa acessibilidade e nossa dignidade. Nossa gratidão ao vereador Claudiomar Rosa”, disse a presidente.

Já para Claudiomar, essa é uma pauta humanitária, da qual, me solidarizei ao conhecer o drama por que passam as pessoas ostomizadas. Ter um espaço adaptado, para que possam fazer a troca ou higienizar suas bolsas de ostomia, pode parecer algo muito simples pra quem não tem conhecimento de causa, mas pra eles, trata-se dignidade e principalmente, aceitação social,” finalizou o vereador.

As pessoas ostomizadas são aquelas que precisam passar por uma intervenção cirúrgica para fazer no corpo uma abertura ou caminho alternativo de comunicação com o meio exterior, para a saída de fezes ou urina, assim como auxiliar na respiração ou na alimentação.

O projeto de lei segue para sanção do prefeito de Macapá, Antônio Furlan.

Comunicação
Vereador Claudiomar Rosa
96 99141-8420

  • Avatar

    Grande avanço pra quem tem ostomia como Eu, agradeço muito pela atenção dada a essa classe. Muitos podem dizer que é obrigação, ñ deixa de ser um fato, porém fomos lembrados, e é exatamente isso que tb buscamos nos politicos: compromisso e respeito com coletivo….👏👏👏👏👏👏

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *