Promotores são Removidos para novas Comarcas do Estado


A Procuradora Geral de Justiça do Ministério Público do Amapá (MP-AP), Ivana Cei, empossou, nesta segunda-feira (23), cinco promotores de Justiça que passam, a partir de hoje, a assumir novas Comarcas no interior do Estado. O processo de Remoção é uma prerrogativa do cargo de promotores, ressaltado em reunião do Colégio de Procuradores, no último dia 16. Assumem novas Promotorias os promotores de Justiça: Ricardo Crispino Gomes, Fábia Nilci Santana de Souza, Laércio Nunes Mendes, Fábia Regina Rocha Martins, Klisiomar Lopes Dias. 

O promotor Ricardo Crispino, pelo critério de Antiguidade, foi Removido da titularidade da Comarca de Ferreira Gomes para ocupar a titularidade da Promotoria de Justiça da Comarca de Mazagão.

Recebeu a Remoção, da titularidade da Comarca de Amapá, por Merecimento, a promotora Fábia Nilci de Souza, que assume a titularidade da Promotoria de Justiça de Porto Grande. O promotor Laércio Mendes, por Antiguidade, foi Removido e deixa a titularidade da Comarca de Calçoene para assumir a Promotoria de Ferreira Gomes.  

De Laranjal do Jari, foi Removida por Antiguidade, a promotora Fábia Regina Rocha Martins, deixa a titularidade da 1ª Promotoria para a Comarca de Calçoene. A titular da 2ª Promotoria, promotora Klisiomar Lopes, foi Removida, por Merecimento, para a titularidade da Comarca de Amapá.

Os procuradores de Justiça presentes, Socorro Millhomem, Márcio Augusto Alves e Nicolau Crispino, além do Corregedor-Geral do MP-AP, procurador de Justiça Jair Quintas, desejaram sucesso nas novas responsabilidades e se colocaram à disposição dos promotores removidos. 

Ivana Cei destacou que todos desempenharam um bom trabalho nas Comarcas do interior do Estado onde atuaram, deixando o nome da instituição com respeito nas respectivas comunidades. “Enquanto Procuradora-Geral me preocupei em dotar com  condições de trabalho todas as Comarcas, estruturando fisicamente e com recursos humanos. E, o retorno está sendo positivo”, disse a PGJ.

Assessoria de Comunicação do MP-AP

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *