Promotoria da Saúde recomenda que se priorizem os grupos de risco na vacinação contra a gripe

vacina-gripe1

A Promotoria de Justiça de Defesa da Saúde expediu recomendação para o Estado do Amapá e Município de Macapá para que seja priorizado o fornecimento da vacina contra a gripe às pessoas com maior risco de complicação em casos de contaminação pelo vírus H1N1.

A recomendação foi motivada por notícias de que houve grande procura da população às unidades de saúde para obtenção da vacina, prejudicando o atendimento das pessoas que efetivamente precisam prioritariamente da imunização contra a gripe A.

“A gripe ‘A’ é uma gripe comum, que está em circulação há muito tempo, e não há necessidade de pânico da população e nem de uma corrida aos postos de saúde, pois apenas as pessoas idosas, as crianças, profissionais de saúde e portadores de doenças crônicas é que correm maior risco caso tenham contato com o vírus H1N1”, esclareceu o Promotor de Justiça André Araújo.

A Promotoria também recomendou à população que não procure as unidades de saúde para obtenção da vacina, evitando tumultos e aglomerações nas unidades de saúde, a menos que se enquadre no grupo de pessoas com prioridade para imunização.

A campanha nacional de vacinação contra a gripe inicia-se no próximo dia 30, e deve se estender até o dia 20 de maio de 2016.

SERVIÇO:

Assessoria de Comunicação do Ministério Público do Estado do Amapá
Contato: (96) 3198-1616/(96) Email: asscom@mpap.mp.br

Compartilhe isso!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*