Quem dera que filmassem Porno, a sequência de Trainspotting

Parece que está rolando um impasse em Hollywood. Tudo porque o ator Ewan McGregor não quer repetir o papel que o deixou famoso há 15 anos, o do viciado em heroína Renton, no filme “Trainspotting”. O diretor do longa, Danny Boyle – o mesmo de “Slumdog Millionaire”-, quer agora transformar em filme o livro “Porn”, de Irvine Welsh, que escreveu os livros que deram origem ao roteiro de “Trainspotting” e de “Porno”, sequência do primeiro.

A justificativa de Ewan é que ele detesta a continuação da história e não a considera boa o suficiente: “Não gostei do livro. ´Trainspotting` é fantástico, lindo, tocante e até perturbador, agora a seqüência não me comoveu nem um pouco”, disse o ator ao site inglês “Moviefone”.

Além disso, para ele, a idéia de reunir o elenco não é boa. “Não quero arruinar a reputação do primeiro filme, cuja importância para o cinema britânico é inigualável”, completou.

Será que os outros atores do filme, como Jonny Lee Miller, ex-marido de Angelina Jolie e protagonista do seriado “Eli Stone”, e Kevin McKidd, o “McArmy” de “Grey’s Anatomy”, vão topar gravar “Porno”?
O filme

Trainspotting é um filme britânico de 1996, do gênero drama, o longa filme gerou polêmica em alguns países, incluindo o Reino Unido e os Estados Unidos da América, devido à alegações de que ele promovia o uso de drogas.

Apesar das críticas, Trainspotting foi geralmente aclamado como um filme bastante original e interessante, retratando o movimento clubber no Reino Unido. Em 2004, foi considerado pelo The New York Times como um dos 1000 melhores filmes já produzidos.
Porno
Na sequência, os personagens se encontram 10 anos depois. Renton administra uma boite chamada Luxury, na Holanda. Sick Boy trabalha com filmes pornográficos. Begbie está em cana, por conta do final do primeiro filme, e recebe revistas gays na cadeia, provavelmente enviadas por Renton. São várias histórias contadas por cada personagem. Todas envolvendo pornografia.
Simon “Sick Boy” David Williamson – Após uma sucessão de fracassos comerciais, decide fazer um filme pornô ao voltar para Edimburgo. Usuário pesado de cocaína, continua ressentido por ter sido roubado por Renton. Após Trainspotting teve um filho cuja mãe é sua ex-esposa e perdeu parte do charme e físico.
 
Mark “Rents” Renton – Largou a heroína e possui agora uma boate em Amsterdã. Concorda em financiar o filme pornô de Sick Boy em troca de parte dos lucros, apesar da falta de confiança mútua. Aprendeu caratê com medo de um eventual encontro com Begbie.

Meu comentário:

Trainspotting é um dos melhores filmes que já vi na vida e olha que já vi uma porrada de filmaços. Assisti o longa ainda em VHS, mas consegui comprar um DVD original do filme em 2006, em Fortaleza (CE).
Além do roteiro ser muito firme, a trilha sonora é fantástica, muito rock da melhor qualidade. Com tanta história palha tendo continuação por aí, uma obra prima do cinema como Trainspotting seria certamente, no mínimo, interessante. Fico na torcida.   

Elton Tavares


Compartilhe isso!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*