Quem não efetuar a Revisão Biométrica sofrerá os rigores da Lei, afirma presidente do TRE-AP


O presidente do Tribunal Regional Eleitoral do Amapá (TRE-AP), Desembargador Raimundo Vales, concedeu nesta segunda-feira, 9, uma coletiva de imprensa onde chamou a atenção da sociedade para a Revisão Biométrica no Estado. Ele alertou a população sobre os danos causados pelo não recadastramento e chamou os políticos com mandato à responsabilidade, já que muitos deles ainda não efetuaram a  Biometria obrigatória. 

“Aqueles que não realizarem a Revisão Biométrica terão Título de Eleitor cancelado. Com isso, não receberão os benefícios do Governo Federal como Bolsa Família e Bolsa Escola.  Não poderão assumir cargos públicos mesmo aprovados em concurso, ficarão impedidos de concorrer a vagas em universidades,  não obterão passaporte, serão proibidos de efetuar empréstimos bancários e não votarão em 2014, deixando assim de exercer a cidadania”, frisou o presidente do TRE. 

 O TRE-AP realiza a Revisão Biométrica  desde fevereiro de 2013, recadastramento que irá até 29 de novembro deste ano. Trata-se da coleta de dados biométricos, que objetiva a melhoria dos sistemas de segurança de votação para  garantir mais agilidade e precisão na identificação do eleitor. Para efetuar a biometria, o cidadão precisa de Título de Eleitor, comprovante de residência e documento oficial com foto.

“É preciso que o cidadão amapaense se conscientize que a Biometria é obrigatória, principalmente o de Macapá e Santana, onde está concentrado quase 80% do eleitorado. Se finalizarmos estas duas cidades até novembro de 2013, conseguiremos recadastrar os eleitores dos demais municípios rapidamente, por conta dos equipamentos que serão remanejados para outras localidades”, alertou o Desembargador. 

“Estamos preocupados com Macapá e Santana, pois é comprovado o senso de responsabilidade das pessoas que residem no interior do Amapá, que sempre atendem o chamado da Justiça”, ponderou o titular da Justiça Eleitoral. 

É preciso dar exemplo

Ainda na entrevista, Raimundo Vales enfatizou que os políticos com mandato precisam se recadastrar e convocar seus eleitores para a Revisão Biométrica. 

“Fizemos um levantamento e constatamos que muitos políticos não realizaram a Revisão Biométrica. Logo eles, que certamente se candidatarão a reeleição e precisam de votos de seus eleitores. É fundamental que estes homens e mulheres dêem o exemplo e convoquem seu eleitorado a efetuar o recadastramento”, pontuou o Desembargador Raimundo Vales. 

Serviço:

Tribunal Regional Eleitoral do Amapá
Assessoria de Comunicação e Marketing
Elton Tavares
ALTV
Fones: 2101-1504/8406-497791474038
Site TRE-AP: www.tre-ap.jus.br
Twitter: @TREAmapa

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *