Randolfe apresenta requerimento para que governo Bolsonaro esclareça redução drástica do programa alimentar

O senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP protocolou, nesta terça-feira (7), na Comissão de Assuntos Sociais (CAS) um requerimento para que o ministro de Estado da Cidadania, Ronaldo Vieira Bento, esclareça os motivos da redução drástica dos valores destinados ao Alimenta Brasil, principal programa de aquisição de alimentos da agricultura familiar no país.

A política foi criada em 2003 e até 2021 era chamada de Programa de Aquisição de Alimentos(PAA). Em 2012, o projeto chegou a receber R$586 milhões.

Em 2021 foram aplicados R$58,9 milhões. Até maio deste ano, o investimento foi de apenas R$89 mil, conforme revelou o UOL. Para Randolfe, isso representa a destruição do projeto e o descaso no combate à fome e à desnutrição no Brasil.

“Uma redução absurda assim é um ataque direto a uma ação importante para a doação de alimentos a pessoas em situação de vulnerabilidade social. É um ataque aos mais pobres, é uma defesa da miséria e da calamidade pública. O senhor ministro precisa informar com urgência os motivos dessa medida”, ressaltou.

Assessoria de comunicação do senador Randolfe Rodrigues

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.