Randolfe protocola no MPF denúncias de mais de 600 amapaenses com prejuízos no apagão

Na última sexta-feira (27), o senador Randolfe Rodrigues (REDE) protocolou no Ministério Público Federal a entrega do primeiro lote de denúncias de amapaenses que relatam prejuízos durante o apagão.

O parlamentar recebeu em uma Central de Denúncias, promovida via WhatsApp, um total de 628 casos de danos causados pelo blecaute que durou 22 dias em 13 dos 16 municípios do estado e que deixou cerca de 800 mil pessoas sem energia elétrica.

As denúncias foram integradas a uma ação civil pública que pedirá na Justiça Federal o bloqueio de bens das empresas envolvidas no sinistro e reparação aos amapaenses prejudicados com o blecaute.

“Reunimos nesse primeiro lote relatos de pessoas que perderam eletrodomésticos, que tiveram prejuízos em seus pequenos negócios, entre outras situações. Cada caso desse é fundamental para demonstrar na justiça que os danos sofridos foram enormes e que a sociedade espera uma resposta rápida das autoridades”, destacou o senador.

Randolfe Rodrigues frisou ainda que a Central de Denúncias continuará recebendo depoimentos que serão acrescentados na ação.

Central de Denúncias do Apagão

Iniciativa do senador Randolfe Rodrigues, a Central de Denúncias do Apagão foi criada com o objetivo de reunir relatos de pessoas com prejuízos causados pela falta de energia.

Para realizar sua denúncia, basta entrar em contato com o WhatsApp 96 99190-0018. É preciso que a pessoa repasse nome completo, CPF e envie um relato em texto e se também tiver registro de fotos, vídeos e áudios sobre o prejuízo causado.

O material é sistematizado pela equipe jurídica do mandato do senador e será acrescentada na ação popular que cobrará indenização aos atingidos pelo apagão no Amapá.

Júlio Miragaia
Assessoria de comunicação do senador Randolfe Rodrigues

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *