Recado ao Jair Bolsonaro

                                          Por Elton Tavares 
Nossa turma é desencanada de quem é negão, maluco, gay, vascaíno, judeu ou Boêmios do Laguinho, gostamos até gente políticamente correta (risos)
Assintindo ao programa Custe o Que Custar (CQC), onde o deputado Jair Bolsonaro confirmou ser um completo idiota racista e homofóbico, faço minhas as palavras que o compositor Evandro Mesquita declama ao final da música “Você não soube me amar”:
 ” (…) Nosso grupo sempre foi um grupo aberto. Nós nunca tivemos preconceitos, dogmas, Dobermanns, Dálmatas, Pointers, Sisters, Allmann, Brothers, nem Crosby, (…), nem Young… Talvez Lennon, não, McCartney… Talvez, quem sabe…”
É isso aí e foda-se o Bolsonaro!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *