Regularização de união civil: TJAP e parceiros realizam mais uma edição do Casamento na Comunidade 2024, na segunda-feira (17)

Com o objetivo de regularizar juridicamente a união civil de pessoas que não têm condições e oportunidades de oficializar o matrimônio, o Tribunal de Justiça do Amapá (TJAP), em parceria com a Assembleia Legislativa (ALAP) e nesta edição junto com o Cartório Vales, vão promover na próxima segunda-feira (17), às 17 horas, na sede do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae/AP), em Macapá, mais um “Casamento na Comunidade”. A cerimônia unirá 100 casais, que não terão custo algum com as despesas do casamento.

O público-alvo do programa são casais que já vivem juntos, mas só podem oficializar a união: pessoas solteiras, viúvas e divorciadas legalmente, independente de cerimônia religiosa. Para a titular da 3ª Vara de Família da Comarca de Macapá, juíza Joenilda Lenzi, que também é coordenadora do programa, o matrimônio é um momento único e deve ser todo preparado. Por isso, antes da cerimônia é realizada uma palestra denominada Oficina do Casamento.

“Com a realização da oficina de noivos, contribuímos para que os casais detenham mais informações sobre os benefícios de um casamento civil reconhecido e também ensiná-los a lidar melhor um com outro”, explicou a magistrada.

Saiba como se inscrever

As inscrições acontecem com agendamento único e os casais interessados podem procurar o Cejusc Rosemary Palmerim, na Sala do Casamento, no Fórum de Macapá, localizado na Avenida FAB, no centro de Macapá, que funciona das 07h30 às 17h, de forma ininterrupta. Além disso, eles podem entrar em contato com a equipe do Programa Casamento na Comunidade pelo WhatsApp (96) 99144-3740 e também o e-mail: [email protected]

– Macapá, 14 de Junho de 2024 –

Secretaria de Comunicação do TJAP
Texto: Lilian Monteiro
Arte: Carol Chaves

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *