Reunião com ABIN visa unir MP-AP, MPF e órgãos de controle fiscal para combater a lavagem de dinheiro no Amapá

Uma reunião de trabalho sobre combate à lavagem de dinheiro no Estado foi realizada nesta quarta-feira (23), pela Superintendência Estadual Amapá da Agência Brasileira de Inteligência (ABIN), com a participação do Ministério Público do Amapá (MP-AP), Ministério Público Federal no Amapá (MPF/AP) e órgãos de controle fiscal, visando a união de forças para combater e prevenir esse tipo de crime.

O procurador-geral de Justiça do Ministério Público do Amapá (MP-AP), Márcio Augusto Alves, participou do encontro coordenado pelo superintendente da ABIN no Amapá, Joel Ferreira Neto, e pelo oficial de Inteligência Robert Buchmann, que apresentaram os motivos do convite.

“Nosso objetivo nesta reunião é definir o interesse dos órgãos em formalizar uma cooperação, observando os limites de competência de cada um, na formação de um grupo de trabalho para compartilhamento de informações que atendam às expectativas de todos no combate à lavagem de dinheiro no Estado”, informou Joel Ferreira Neto.

Um oficial de Inteligência da ABIN, membro do Conselho de Controle de Atividades Financeiras (COAF) fez uma breve apresentação do Sistema Brasileiro de Inteligência no Amapá, tema da palestra proferida na tarde de terça-feira (22), que contou com a participação do subprocurador-geral de Justiça para Assuntos Administrativos e Institucionais do MP-AP, Nicolau Crispino.

Márcio Alves manifestou o interesse da instituição em fazer parte dessa cooperação, destacando que o MP-AP desenvolve um trabalho nesse sentido, por meio do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) e do Laboratório Contra a Lavagem de Dinheiro (LAB-LD), e reforçou a necessidade de uma atuação conjunta. “Temos que unir forças porque esse é o único caminho para vencermos essa luta no combate ao crime organizado”, manifestou o PGJ.

Um novo encontro ficou agendado para dar continuidade às discussões sobre as competências de cada instituição na formalização do termo de cooperação técnica para formação do grupo de trabalho para combate à lavagem de dinheiro no Amapá.

SERVIÇO:

Gilvana Santos
Assessoria de Comunicação do Ministério Público do Amapá
Contato: (96) 3198-1616
E-mail: [email protected]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *