Reunião discute políticas públicas para a sustentabilidade das Escolas Famílias do Amapá


A Embrapa Amapá e a Rede das Associações das Escolas Famílias do Estado do Amapá (RAEFAP) realizam na manhã desta sexta-feira, 21/3, no auditório da instituição de pesquisa, em Macapá (AP), uma reunião para tratar sobre as políticas públicas de fortalecimento destas instituições de ensino. O documento que servirá de base para a reunião é a publicação “Sementes da Educação no Campo”, um caderno temático resultado do 3º Seminário das Escolas Famílias do Estado do Amapá, realizado pela Rede das Associações das Escolas Famílias do Amapá (RAEFAP) em 2011.Esta publicação foi editada pela Embrapa e será lançada durante a reunião. Os editores técnicos são Júlia Franco Stuchi, Jakcson de Araújo dos Santos, Hildete Margarida Rodrigues de Souza e Telma dos Santos Ferreira Reis.

Na época, o seminário realizado pela RAEFAP e Embrapa tratou de questões relacionadas à educação no campo, eficiência das políticas públicas ligadas ao setor primário e à agricultura familiar, e os desafios das Escolas Famílias do Amapá. O seminário contou com a participação de agricultores, alunos e professores das escolas famílias, técnicos dos governos estadual e federal e do terceiro setor.

O Amapá conta com cinco Escolas Famílias, um modelo de educação no campo surgido na França logo após a Segunda Guerra Mundial e que utiliza a pedagogia da alternância. O aluno (filho de agricultor) fica em regime de internato durante quinze dias e o restante do mês permanece em sua casa, atuando como agente multiplicador de conhecimentos técnicos junto à família. Localizadas em áreas produtivas estratégicas do Estado, as cinco escolas formam técnicos agrícolas, por meio de ensino fundamental e médio.

As Escolas Famílias do Amapá são as seguintes: Escola Família Agrícola do Pacuí (Macapá), Escola Família Agroextrativista do Carvão (Mazagão), Escola Família Agroextrativista do Maracá (Mazagão), Escola Agroextrativista do Cedro (Tartarugalzinho) e Escola Agrícola da Perimetral Norte (Pedra Branca do Amapari). A Embrapa é parceira das Escolas Famílias por meio do projeto de um projeto de transferência de tecnologias e conhecimentos, realizando cursos e palestras sobre produção de mudas frutíferas, plantio sem queimadas, manejo florestal, irrigação, apicultura, entre outras tecnologias.
— 
Dulcivânia Freitas, Jornalista DRT/PB 1063-96
Embrapa Amapá 
dulcivania.freitas@embrapa.br
Telefone: + 55 (96) 4009-9587 / 8137-7559 I Fax: + 55 (96) 4009-9501
www.embrapa.br I twitter.com/embrapa

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *