Reunião Pública valida sistema eletrônico de votação para procurador(a)-geral de Justiça do MP-AP, biênio 2021-2023

Nesta quinta-feira (3), os membros do Ministério Público do Amapá (MP-AP) participaram da Reunião Pública para validação do Sistema de Votação Eletrônica Votus, que será utilizado no processo eleitoral para formação da lista tríplice para escolha do(a) procurador(a)-geral de Justiça do MP-AP, biênio 2021-2023. A votação acontecerá nesta sexta-feira (4), das 8h às 13h.

Na ocasião, a Comissão Eleitoral, presidida pela procuradora de Justiça Clara Banha e composta pelos promotores de Justiça Éder Abreu (que participou do encontro por videoconferência) e Vinícius Carvalho, deram cumprimento ao que estabelece o Edital nº 004/2020-CPJ, lavrando em Ata a realização da Reunião Pública que consistiu em informar como será o procedimento para votação eletrônica.

Durante o encontro, foi feita a Validação do Sistema, os cadastramentos dos eleitores; dos candidatos e da Comissão Eleitoral. Os promotores de Justiça André Araújo e Alexandre Monteiro, que concorrem ao pleito, acompanharam a reunião pública, a qual foi informada pela Comissão Eleitoral a todos os membros, com data, hora e local, bem como encaminhou o link para quem quisesse participar por videoconferência.

Candidatos

Concorrem à formação da lista tríplice, a procuradora-geral de Justiça, Ivana Cei, candidata à reeleição, e os promotores de Justiça Alessandra Moro Valente, André Araújo e Alexandre Monteiro. Será a primeira vez na história do Ministério Público do Amapá que a disputa será somente entre promotores de Justiça. Os três mais votados terão seus nomes avaliados pelo governador do Estado, Waldez Góes, para escolha de quem vai comandar o MP-AP no biênio 2021-2023.

O Sistema Votus

O Sistema Votus – que vem sendo utilizado nos últimos pleitos internos – possibilita que a votação seja por meio de computador, tablet ou celular com acesso à internet, no horário de 8h às 13h. A abertura do processo eleitoral será às 8h, na sala de reuniões da PGJ, no Edifício-Sede.

Os membros poderão votar em até três nomes, com opção de votar em branco ou nulo, de forma on-line, por meio do link da votação que será enviado via e-mail funcional. Ao todo, serão 75 votantes, sendo 11 procuradores de Justiça e 64 promotores de Justiça, em atividade.

Serviço:

Assessoria de Comunicação do Ministério Público do Amapá
Gerente de Comunicação – Tanha Silva
Núcleo de Imprensa
Texto: Elton Tavares
Contato: (96) 3198-1616
E-mail: [email protected]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *