Rodízio de veículos: entenda como funcionará a dinâmica do fluxo no trânsito de Macapá por 15 dias

Iniciou na última terça-feira, 16, o rodízio de veículos autorizado pelo Decreto Municipal n° 2.236/2020, que instituiu o funcionamento do regime de restrição de circulação de veículos automotores em toda área urbana e rural do município de Macapá. O rodízio ocorrerá todos os dias, incluindo sábados, domingos e feriados, das 6h à 0h, durante 15 dias.

“O objetivo é reduzir o fluxo de veículos e pessoas para os demais bairros da cidade. Nos próximos quinze dias, a Companhia de Trânsito, com o apoio da Guarda Civil e Polícia Militar, irá abordar os que estejam circulando em desobediência às regras previstas no Decreto Municipal. Ou seja, nos dias pares, somente poderão transitar veículos cujo último número de sua placa for par, zero e veículos novos sem registro. Nos dias do mês de número ímpar, é permitido o trânsito de veículos cujo último número da placa for ímpar”, informou diretora-presidente da CTMac, Selma Miranda.

O diretor de Trânsito da CTMac, Manoel Filho, explicou que veículos que possuem mais de três passageiros no interior do veículo serão abordados. “Mesmo os de numeração permitida para circulação daquele dia serão abordados caso estejam com um número maior de passageiros. O objetivo é reduzir o fluxo de pessoas e a aglomeração dentro dos veículos particulares de transporte, para diminuir a proliferação da Covid-19 entre os bairros”, reforçou.

Confira o cronograma:

– Início do rodízio de veículos: 16 de junho de 2020;

– Período de duração do rodízio: pelos próximos 15 dias, incluindo sábados, domingos e feriados, das 6h à 0h, a partir do dia 16, podendo ser prorrogado, caso ocorra necessidade.

Veículos que serão abordados:

– Automotores, incluindo caminhões não licenciados em Macapá, de acordo com o final da numeração da placa;

– Em dias do mês de número par, a numeração permitida são números pares (0, 2, 4, 6 e 8) e veículos novos sem registro;

– Em dias do mês de número ímpar, a numeração permitida é a que o último número da placa seja ímpar (1, 3, 5, 7 e 9).

Secretaria de Comunicação de Macapá
Clauriana Costa
Assessora de comunicação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *