Rúbia Balieiro gira a roda da vida. Feliz aniversário, broda! – @rubia_balieiro

Quem lê este site, sabe: gosto de parabenizar amigos em seus natalícios, pois declarações públicas de amor, amizade e carinho são importantes pra mim. Tenho alguns companheiros (brothers e brodas) com quem mantenho uma relação de amizade e respeito, mesmo a gente com pouco contato. Pois bem, neste primeiro dia de fevereiro, Rúbia Balieiro gira a roda da vida.  Também me gabo de ser amigo de muita gente Phoda. Ela é uma dessas pessoas. E, por isso, rendo-lhe homenagens.

Rúbia é servidora pública, ex-jornalista (se é que existe “ex” nessa profissão) viajante do mundo, fã de boa música, livros, cervejas especiais e vinhos, amante de Rock’n’roll, rosa-cruz, campeã amapaense de marcar furos no rolê etílico, inteligente e politizada (do jeito certo), culta, bem humorada, desencanada, braba (tá, eu sei que o certo é “brava”, mas a gente aqui é brabo), irônica, sarcástica e divertida. Sobretudo, uma figura autêntica e gente boníssima pra caralho, além de queridona deste jornalista.

Já disse e repito:  saco essa figura há décadas, mas nos tornamos amigos por intermédio da Lorena, minha prima linda e louca. O problema é que pouco encontro a Rúbia pra gente encher a cara, comer e falar mal dos idiotas. E isso muito antes da pandemia. A verdade é que ela só bebeu comigo duas vezes e foram longas laudas de humor negro, bons diálogos e muitas cervas.

Outro comentário que fiz em textos anteriores e que tá valendo é: adoro seus comentários ácidos sobre tudo, seu desdém pelos babacas e o fato de não estar ideologicamente presa a nada. É assim que enxergo a Rúbia, uma doida varrida legalzona disfarçada de gente normal (pois é preciso).

Trabalhadora, responsável e competente, além de parceira, Rúbia equilibra sensatez e boa doidice. Gosto muito dessa maluca. Ela também é uma boa filha, irmã, tia e amiga. A gente mantém contato por aplicativo de conversa e se diverte. É muita coisa séria, mas muita merda firme (risos).

Como disse a poeta Patrícia Andrade: “sou fã da Rúbia. Seus comentários são cortes cirúrgicos na cara dos babacas. Sem papas na língua“. É isso aí!

Rúbia, minha considerada, que teu novo ciclo seja ainda mais firmeza. Que sigas com sabedoria e a coragem que te é peculiar. Que tudo que couber no teu conceito de sucesso se realize. Que a Força esteja contigo. Saúde e sucesso, sempre. Parabéns pelo teu dia, broda. Feliz aniversário!

Elton Tavares

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *