Sabotagem ( @Cortezolli )


Perdi tato, o feeling, o tempo…

Perdi a oportunidade, a fé, a fome, a esperança…
Perdi o momento de ficar calada e até o de falar.
Penso demais. 

Perdi a coragem e a cara de prepotência habituais. 

Perdi o fio da meada, aquela condensada e tudo mais.

Ganhei um frio na barriga constante. 

Mãos trêmulas, suores frios.

Ganhei um medo pujante, taquicardia e até arrepios. 

Não consigo mais organizar meus pensamentos tortos por intermédio da escrita, não quero trocar palavras também com ninguém. Me tornei uma bomba ambulante. 

Puf… Explodi!

Hellen Cortezolli

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *