Sal Lima gira a roda da vida. Feliz aniversário, irmão!

Manoel de França Lima, um dos meus grandes amigos gira a roda da vida nesta segunda-feira (23).  Sim, o popular “Sal” chega aos 51 anos (número sugestivo, não?) bem vividos, bem bebidos e bem curtidos. Aliás, o cara é muito mais que um amigo, é um irmão.

Conheci o figura em 2010, quando fui trabalhar na Assessoria de Comunicação do Governo do Amapá. Ele, fotógrafo dos bons e experiente e eu, à época, um assessor novato na equipe. Dizem que não fazemos amigos, os reconhecemos. Foi assim com o cara, pois o gosto por Rock, cerveja e a boa malandragem nos aproximou e lá se vai uma década.

Sal é o marido da Ruth, pai de quatro caras, meio maranhense, meio tocantinense, pescador, boleiro, flamenguista, bicolor, amante de rock and roll e maluco das antigas. Ele é um cara honesto, franco, bruto, possui senso crítico, inteligência, lealdade, sinceridade e honestidade em alta escala. Já disse e sempre repito: o brother é malandro, mas não pilantra. É gente fina, mas não otário.

Autêntico como poucos que conheço neste mundo de gente que só faz capa, Sal vive do jeito que quer, que gosta, desprovido de mesmice ou convencionalismo, tudo por uma vida menos ordinária. Fã de Beatles, Bob Dylan, Chico Buarque, Ramones, Led, Pink e outras tantas do Roquenrou, sempre está com seu campo de força anti mau-humor ligado.

Esse bicho é um que sempre me ajudou quando precisei. Não tenho uma única memória infeliz ou lembrança de marcada do cara para comigo. Pelo contrário. Devo incontáveis favores a ele. Mesmo com a grande lista de desafetos, a minha quantidade de amigos continua extensa e o Sal é um dos mais valorosos.

Sal, Ruth e o filho deles, Manoelzinho. Neste mesmo dia, em 2019, o Mengão ganhou a América e o Sal o título como presente.

Apreciador de cervas enevoadas e bons papos molhados com as melhores e piores companhias da cidade, farrista exemplar e consideradão por várias galeras, ele é um dos caras mais porretas que conheço e que tenho a honra ter a amizade.  Safo, esse figura paid’égua saca dos atalhos da vida, imperceptíveis para otários. “Bora tirar o pregos da certeza e colocá-los na dúvida”, Sal Lima, parafraseando seu irmão mais velho, que deve ser outro limpeza (risos).

Enfim, muitas coisas legais tenho a dizer/escrever sobre Sal Lima, mas em resumo, é o que está aí em cima. Um querido irmão pra mim. Um marido apaixonado pela esposa, um paizão para seus filhos e um cara do bem.

Sal, mano velho, “tu saaabes”. A gente não vai tomar umas hoje por eu estar em Belém (PA), mas no retorno a gente marca um papo molhado e um encontro porreta, como costumamos fazer. Amo você, irmão. Que tu sigas com saúde, sucesso no que te propuseres a fazer e pisando firme por pelo menos mais 51 anos. Que teu novo ciclo seja repleto de vitórias do Flamengo, pescarias e amor.

Parabéns pelo teu dia e feliz aniversário!

Elton Tavares

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *