Sebrae implementa Programa de Excelência na Gestão

Por Jorge Abreu

Para superar a qualidade em atendimento, o Sebrae no Amapá, implementa o Programa Sebrae de Excelência na Gestão (PSEG). O Programa tem apoio da Fundação Nacional da Qualidade (FNQ), sendo realizado, por meio, do Modelo da Excelência da Gestão (MEG).
Segundo a gerente da Unidade de Qualidade na Gestão, Kátia Sarmento, o programa tem uma peça fundamental no trabalho de avaliação de qualidade que é elaborar e analisar fichas de práticas de gestão. “Para alcançar resultados efetivos, as observações são acompanhadas por especialistas e avaliadores da FNQ”, disse a gerente da Unidade de Qualidade na Gestão, Kátia Sarmento.
O Modelo de Excelência trabalha com oito (8) critérios, sendo sete gerenciais e um de resultados, entre eles, Informações e Conhecimento; Liderança; Clientes; Sociedade; Estratégias e Planos; Pessoas; e Processos. Dentre os critérios gerenciais, todos devem realizar ações com foco em produzir resultados a serem observados, o qual será trabalhado com medição por meio de indicadores.

Este ano, o consultor Orlando Pavanha Júnior, de São Paulo, apresenta conceitos para a equipe interna do Sebrae no Amapá com foco nas melhorias. Segundo ele, o aprendizado contínuo é fundamental para obterem altos níveis de resultados.
“Discutimos sobre o conceito de indicadores de resultado e indicadores de esforço. O Sebrae compreende as diferenças e cresce cada vez mais em qualidade, isso por meio de aprendizados sucessivos”, explica o consultor Orlando Pavanha Júnior.
Unidade de Qualidade na Gestão
Após o PSEG em 2013, o Sebrae no Amapá criou uma unidade que trabalha especificadamente em qualidade na gestão. Por mais que os trabalhos sejam realizados com excelência, a FNQ lança pontuações baseados nos resultados.  
A gerente da Unidade de Qualidade na Gestão do Sebrae, Kátia Sarmento, explica a mudança no Sebrae com a nova unidade: “O Sebrae, este ano (2014), criou uma nova unidade, em necessidade conduzir efetivamente o trabalho de melhoria na gestão, até a avaliação da FNQ, em novembro. Temos como objetivos alcançar cada vez mais, altos níveis, seguindo as normas corretas para isso”, finaliza a gerente da Unidade de Qualidade na Gestão do Sebrae, Kátia Sarmento.

PSEG
O PSEG é um ciclo contínuo de autoavalição, que permite identificar o nível de maturidade de gestão, para a busca sucessiva de excelência no Sistema Sebrae. A implantação do modelo é para semear de forma permanente a cultura de excelência, identificando os pontos fortes e investindo em oportunidades de melhoria. A metodologia do PSEG inclui: Planejamento, Autoavaliação Assistida, Plano de Melhoria, Aprendizado e Compartilhamento de Boas Práticas.
Serviço:
Sebrae no Amapá
Unidade de Marketing e Comunicação: (96)3312-2832
Compartilhe isso!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*