Sebrae, parceiros e empresários discutem proposta de investimento no setor de alimentação fora do lar

 

Encontro - Projeto Alimentação Fora do Lar

Nesta quarta-feira, 30, às 15h, na Sede do Sebrae em Macapá, na Sala Porto Grande, será o momento dos empresários contribuírem com a proposta inicial do projeto, propondo ações prioritárias, focos estratégicos, resultados, metas factíveis que irão alavancar o setor no Amapá. Os encontros de estruturação estão sendo realizados desde o dia 3 de março.

Segundo a gestora do Projeto Alimentação Fora do Lar, Nelma Pires, diante de um futuro promissor e desafiador, o Sebrae juntamente com seus parceiros institucional no Amapá, inicia uma extensa agenda para estruturar o projeto, que tem como objetivo fortalecer os pequenos negócios e ampliar o volume de vendas dos estabelecimentos de alimentação fora do lar, com incentivo à inovação, melhoria da gestão e acesso a novos mercados.

A proposta do novo projeto é contemplar o maior número possível de empresas, que unidas e com o apoio da rede de parceiros institucional do setor no Amapá e nacionalmente, consigam superar com sucesso, os desafios impostos a sobrevivência delas no mercado, em especial, diante do atual cenário de turbulência econômica que o país está atravessando e que requer um novo comportamento diante da crise.

De acordo com a gestora do Projeto Alimentação Fora do Lar, Nelma Pires, na nova investida, os bares, restaurantes, lanchonetes, pizzarias e similares que irão compor o elenco de empresas do projeto serão apoiadas com ações de gestão, inovação, acesso a mercado, orientações técnicas, a fim de torná-las competitivas, sustentáveis e atraentes no mercado.

O hábito de se alimentar fora do lar tem sido cada vez mais incorporado ao dia a dia dos brasileiros. Mesmo diante da recessão econômica, o mercado de alimentação fora do lar continua a crescer.

Segundo dados do Instituto FoodService Brasil (IFB), cerca de 36% das despesas realizadas hoje com alimentação dos brasileiros se destinam ao ato de comer fora de casa, e as projeções indicam que até 2018, esse percentual possa chegar a 40% dos gastos. Espera-se um crescimento de 7,7% neste ano, valor 1,5% maior que 2015, quando apresentou 6,2%.

Programação

Data: 30.03 – Quarta-Feira
Hora: 15h – Pronunciamentos de boas vindas
Hora: 15h10 – Apresentação da Metodologia GEOR – Gestão Orientada para Resultados
Hora: 16h – Apresentação do escopo preliminar do projeto
Ação: Contribuições para ajustes no escopo do projeto sobre a ótica dos empresários

Intervalo
Hora: 16h20

Hora: 16h30 às 17h30 – Levantamento dos principais desafios do setor amapaense e levantamento de ações/atividades para equacionar tais desafios no Estado.
Ação: Construção do cenário atual do setor no Amapá e mapeamento de ações de parceiros para composição do projeto através da técnica de moderação de processos grupais.
Hora: 17h30 – Acordos e próximos passos.

Serviço:
Sebrae no Amapá
Unidade de Marketing e Comunicação: (96) 3312-2832

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *