Secretários escolares participam de capacitação sobre preenchimento do Censo Escolar

Visando o cadastro de escolas, alunos e profissionais da educação no sistema do Educacenso, a Secretaria Municipal de Educação (Semed) promoveu na segunda-feira, 28, capacitação para aproximadamente 20 secretários escolares para a inserção dos dados municipais da rede de ensino para compor a pesquisa nacional, formulada pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), ligado ao Ministério da Educação.

O curso pretende formar 80 profissionais da educação das escolas das zonas rural e urbana de Macapá que compõem o quadro do município. O objetivo é preparar os educadores para o preenchimento dos dados das escolas, alunos e funcionários no sistema Educacenso, voltado para a coleta de informações educacionais e composto por um aplicativo virtual que possibilita a coleta, migração e alteração de dados do sistema pública de educação em todo o território nacional.

“O censo escolar é feito anualmente e é importante porque traz informações sobre o quantitativo de alunos inseridos na rede básica e fundamental de ensino. Esses dados são analisados e computados e podem ser revertidos em políticas públicas para atender cada um que estiver cadastrado no sistema, pensando nisso nossa equipe está preparada para auxiliar os secretários no que for necessário para que esse preenchimento seja realizado corretamente”, reforça a coordenadora municipal do Censo Escolar de Macapá, Eliane Pires.

A subsecretária de Educação, Francisca Antônia Oliveira, ressalta a importância dos secretários escolares participarem da formação, uma vez que o trabalho feito por meio do sistema do Educacenso se traduz em melhorias para a comunidade escolar do município. “Precisamos saber que o Censo é capaz de fornecer um retrato fidedigno da região amazônica, sendo um dos mecanismos mais importantes para o financiamento da educação pública, tanto sobre o livro didático, políticas de formação continuada ou outros programas. Se eu deixo de informar o meu professor, deixo de garantir formação para esse profissional, se não informo um aluno, é um estudante a menos sem a garantia de financiamento para a garantia da qualidade educacional”, destaca.

A formação continua até quarta-feira, 30, data referência conhecida como Dia Nacional do Censo Escolar. O levantamento estatístico educacional é um dos mais importantes nas etapas e modalidades de ensino da educação básica e profissional. O Censo é dividido em duas etapas: a matrícula inicial e o cadastro de informações das escolas, alunos e profissionais da educação.

Rafaela Bittencourt
Assessora de comunicação/Semed
Contato: 98805-8150

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *