Segunda edição da comenda Celso Saleh ocorrerá durante comemorações do Dia do Estudante

comenda

A Assembleia Legislativa do Amapá aprovou nesta quarta-feira, 29, uma alteração a Resolução nº 137, de 8 de junho de 2015, que foi publicada no Diário Oficial em 15 de julho e criou a comenda Celso Saleh. Com a alteração, além de personalidades, a Assembleia também poderá homenagear empresas e instituições que contribuem com políticas voltadas à juventude ou à classe estudantil.

A comenda foi criada no ano passado, por iniciativa do deputado Pedro Dalua e terá sua segunda edição no dia 11 de agosto, em sessão solene, durante comemorações do Dia do Estudante. Dez personalidades serão homenageadas este ano. A relação com os nome só será conhecido no dia do evento.

No ano passado, os homenageados foram: Desembargador Carlos Tork (que militou no movimento estudantil), governador Waldez Góes (que sancionou a lei do Passe Livre), Antônio Favacho (que apoiou a criação e fortalecimento dos grêmios nas escolas que dirigiu), apóstolo Órley Alencar (que foi liderança jovem no movimento evangélico), ex-senador Bala Rocha e ex-vereador Alceu Ramos (autores de leis em favor da juventude) além dos ex-dirigentes de entidades estudantis: Washington Picanço, Edvan Barros, Gil Mauro, Aleno Oliveira, Rodrigo Portugal, Pedro Filé, Josimary Rocha e Ana Girlene Oliveira.

“Celso Saléh amava o Amapá. Casado com a amapaense Ilka Maria Barriga Saleh, foi o primeiro presidente da União dos Estudantes dos Cursos Secundários do Amapá (UECSA) e único amapaense a presidir a União Brasileira dos Estudantes Secundaristas (Ubes) entre 1958 e 1959, comunista e chefe de gabinete de diversos presidentes do Senado, incluindo Mario Martins e Petrônio Portella”, relembra o deputado Pedro da Lua.

No dia da cerimônia, os Correios relançarão selo comemorativo em homenagem à Comenda Celso Saleh.

Ascom do Deputado Pedro da Lua

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *