Segurança no São João: CEA Equatorial alerta sobre cuidados com energia elétrica na realização das festas juninas

Com a chegada do mês das festas juninas muitas pessoas organizam seus próprios arraiais e por isso é importante reforçar alguns cuidados com a segurança, pois decorações instaladas em locais inapropriados, fogueiras e brincadeiras sem supervisão podem causar problemas no fornecimento de energia, além de acidentes graves e até fatais.

Grandes protagonistas das festas, os famosos fogos de artifícios requerem uma atenção especial para os cuidados na hora da compra e da utilização. Sempre devem ser adquiridos em lojas autorizadas e jamais devem ser manuseados próximos às pessoas ou à rede elétrica, pois podem interromper o fornecimento de energia e gerar graves acidentes.

As bandeirinhas são itens de decoração tradicionais, entretanto, é necessário pensar bem onde serão penduradas, pois, para a segurança de todos, não devem ser colocadas em fiações. Além disso, precisam estar a uma distância de, pelo menos, 4 (quatro) metros da rede elétrica.

“A prática da montagem de fogueiras e o uso de artefatos são típicos deste período. Contudo, é importante que as pessoas tenham cautela na hora de soltar os fogos de artifício. Apenas adultos devem manusear os artefatos, que precisam ser utilizados em locais distantes da fiação, das bandeirinhas de papel e de outros materiais inflamáveis”, reforça a Presidente da Comissão Interna de Prevenção de Acidentes da CEA Equatorial, Renata Smith.

Na hora de reunir os amigos e familiares para festejar no interior das residências, a recomendação do especialista é evitar o uso de extensões ou benjamins (o popular “T”) e, em caso de necessidade de ligar mais de um aparelho na tomada, o correto e mais seguro é utilizar os filtros de linha.

Necessidade de ligação provisória

Por isso, também chama atenção para que ninguém realize ligações clandestinas ou interfira na rede elétrica. “Apenas profissionais habilitados podem realizar essas atividades. Caso haja necessidade de levar energia elétrica para o seu evento ou ponto de venda, solicite uma ligação provisória de energia”, destaca a presidente da CIPA.

A solicitação de ligação temporária deve ser feita com cinco dias de antecedência em um ponto presencial de atendimento da Distribuidora e o cliente deve informar a carga elétrica que vai necessitar, de acordo com a quantidade e tipo de equipamento que será utilizado, além de apresentar os documentos, endereço completo e aguardar o prazo de atendimento que é de até cinco dias úteis.

O que fazer em caso de acidentes?

A presidente também chama atenção da população sobre como proceder em caso de acidentes. “Caso venha a acontecer algum acidente ou emergência com a rede elétrica, isole a área e ligue imediatamente para a Distribuidora pelo telefone 0800 086 0196, para o Corpo de Bombeiros no 193 e o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) no 192”, finalizou.

Comunicação CEA Equatorial

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *