Segurança Pública: MP-AP participa da solenidade de encerramento do Curso de Ações Táticas Especiais

O promotor de Justiça e assessor especial da Procuradoria-Geral de Justiça do Ministério Público do Amapá (MP-AP), Paulo Celso Ramos, representou a procuradora-geral de Justiça do MP-AP, Ivana Cei, na terça-feira (26), na solenidade de encerramento do V Curso de Ações Táticas Especiais. O evento ocorreu na sede do Batalhão de Operações Especiais (Bope) da Polícia Militar do Amapá (PM/AP), em Macapá.

Os procedimentos militares ocorreram durante 2 meses, em tempo quase integral, com coordenação do Batalhão de Operações Especiais (Bope), e instruções da Companhia de Choque. O curso teve como objetivo qualificar os militares por meio de ações práticas e teóricas, sobre atuações em situações de controle de distúrbios civis, intervenções prisionais, entre outras, focando na capacitação física e em tecnologias não-letais.

A 5ª edição do Curso de Ações Táticas Especiais (CATE) é um dos requisitos para ingresso na Companhia de Operações Especiais (COE/BOPE), sendo uma das qualificações de maior dificuldade da Polícia Militar. Cerca de 30 Policiais Militares iniciaram o curso, que ocorre em regime de internato, e somente oito se formaram.

A Companhia de Operações Especiais (COE) é a 3ª das 4 companhias que integram o Bope. As missões do COE são designadas pelo Comando-Geral da PM. Os militares mantêm efetiva prontidão para as ocorrências que necessitem de intervenção tática e gerenciamento de crises.

As demais companhias que integram o Bope são: 1ª Companhia – Rotam (Rondas Ostensivas Táticas Motorizadas); 2ª Companhia – Choque; 3ª Companhia – Canil (vinculado ao Choque) e a 4ª Companhia – Giro (Grupo de Intervenção Rápida e Ostensiva).

Durante a solenidade, o BOPE/AP realizou uma simulação de resgate aos presentes. Também foram entregues medalhas aos policiais que se destacaram no curso e certificados para instrutores do treinamento.

O representante do MP-AP parabenizou a corporação pelo reforço no pessoal e elogiou a iniciativa de qualificar os agentes de segurança. Paulo Celso Ramos frisou, em nome da PGJ Ivana Cei, a continuidade na parceria com a Força Policial.

“Estamos à disposição para trabalhar conjuntamente com a PM/AP no combate à criminalidade e em prol da coletividade amapaense e com nosso papel fiscalizador em favor da sociedade”, comentou o promotor de Justiça.

Presentes no encerramento do curso: o governador do Amapá, em exercício e presidente do Tribunal de Justiça do Amapá (TJAP), desembargador Rommel Araújo; a comandante da PM/AP, coronel Heliane Braga; o comandante do BOPE, Major Iran Tavares Kléber Silva; o chefe do Gabinete Militar do MP-AP, coronel Joércio dos Santos e o major Vinícius Alfaia, que também atua no órgão ministerial amapaense e foi instrutor dos novos agentes do BOPE/AP; coronéis do Estado Maior da PM/AP, imprensa e sociedade civil.

Serviço:

Assessoria de Comunicação do Ministério Público do Amapá
Texto: Ana Beatriz Peres e Luiz Felype Santos
Coordenação Núcleo de Imprensa – Elton Tavares
Gerente de Comunicação – Gilvana Santos
E-mail: [email protected]

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.