Sesc Dramaturgia: Leituras em Cena oferece oficina de suporte técnico para formação de atores.

No período de 3 a 5 de setembro, o Serviço Social do Comércio, por meio do Projeto Dramaturgia: Leituras em Cena, realizam a oficina “As Camadas Dramatúrgicas do Texto e Técnica dos Viewpoints”, que acontece no Teatro Porão, localizado no Sesc Araxá das 18h às 22h. As inscrições para a capacitação são gratuitas, e podem ser feitas no setor cultural da instituição, com disponibilidade para 25 vagas.

O curso será ministrado pela atriz e diretora, Fernanda Bond do Rio de Janeiro. A profissional fez seu doutorado em Sanduiche na Columbia University, Nova York, sob orientação de Anne Bogart, inventora do método dos Viewpoints (Ponto de Vista -técnica de improvisação que surgiu a partir da dança pós-moderna).

Fernanda Bond tem como principal objeto de pesquisa as múltiplas técnicas de interpretação para o ator. Ao longo de seus anos de estudos dedicados ao trabalho do ator participou de congressos internacionais, publicou artigos em revistas de arte e deu aula no projeto Dispersões, do Centro de Filosofia das Ciências da Universidade de Lisboa.

Além de sua pesquisa acadêmica em artes cênicas, atua como atriz, diretora e preparadora corporal tendo trabalhado com profissionais como Euclides Marinho, Bruno Garcia, Catherine Marnas e Moacyr Góes. Há quatro anos trabalha como assistente de direção e interlocutora artística de Christiane Jatahy, diretora que trabalha na interseção entre teatro e cinema, com a qual realizou os espetáculos “Corte seco” (2010), Obscena (2011), Julia (2012) e “E se elas fossem para moscou” (2014). É ainda diretora artística e curadora do “Microteatro Rj”. 

Oficina de Dramaturgia

O curso aborda o texto dramatúrgico “O alienista”, adaptação do amazonense Jorge Bandeira da obra homônima de Machado de Assis, a partir da perspectiva artística e filosófica dos Viewpoints. Esta técnica de improvisação revela camadas de dramaturgia mais sutis presentes na obra, a partir de um incremento da consciência no espaço de tempo, criando novas formas de visibilidade das ideias ficcionais na cena.

O curso é dividido em dois momentos: um trabalho de leitura de texto e análise das relações concretas que ali se articulam, e um momento de aproximação entre a técnica e o texto, trabalho prático desenvolvido a partir dos exercícios de improvisação que compõem a técnica, que terá como ponto inicial o texto escolhido.

Dele partirá a investigação sobre os múltiplos pontos de vista da cena e sobre as trajetórias das pequenas ações e dos detalhes “menores” em jogo na construção dos seres de ficção, os personagens, dos seres reais, os atores, e dos híbridos que habitam esta fronteira.

Segundo o educador cultural de artes cênicas do Sesc Amapá, Genário Dunas, os Viewpoints são aplicados com o intuito de enriquecer as especificidades de um dado texto, complexo dos personagens para que possam encontrar a fisicalidade da peça.

Serviço:
Sesc Amapá
Fernanda Picanço – Assessora de Comunicação e Marketing
Email: ascom@sescamapa.com.br
Fone: (96)3241-4440 (ramal 235)
Site: www.sescamapa.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *