Setembro Negro

                                                                                               Por Régis Sanches

Existem dias que as pessoas gostariam de riscar do calendário. Porém, este setembro está saindo pior que agosto, considerado o mês de azar por excelência. Vamos começar pela fatídica data de 11 de setembro, do nem tão longínquo 2001, quando as Torres Gêmeas de Nova Iorque foram varridas do mapa da cidade sob as ordens de Osama Bin Laden.

Em 11 de setembro de 2010 nenhuma torre explodiu a mando da Al-Qaeda. Mas o dia anterior será sempre de péssima lembrança para os amapaenses. Não vou citar nomes, pois o enredo da história é, deveras, conhecido.

Um toque de magia marcou o 13 de setembro. Aniversário triplo: do ex-Território Federal do Amapá e os 38 anos do meu irmão caçula, Wander Sanches, o Dinho, economista, ex-aluno de Simão Jatene, que vai aplicar uma surra eleitoral sonora na inoperante Ana Júlia Carepa, no vizinho Estado do Pará; e, finalmente, os 15 anos de Ana Luiza Sanches, mineira de BH, minha única filha.

A felicidade completou-se na noite de ontem, 14, quando comemoramos o aniversário, no Bar do Francês, do Elton Tavares, titular deste blog, no qual terceirizo os meus escritos. Vida longa: saúde e sorte, com doses exageradas de equilíbrio e sabedoria aos aniversariantes do Setembro Negro.

No mais, estamos curtindo a vida, adoidado, sem neurose ou psicose nem pesadelos medonhos. Que eu saiba, não há sonâmbulos entre nós, perambulando pelas ruas de Macapá. Estava à mesa uma jornalista que, além do excelente texto, também tem potente jabs de direita e esquerda. E também uma enfermeira, que zela pela sua profissão. Até o francês, dono do bar homônimo, meteu a sua colher no tacacá da política amapaense.

Temos vivido dias de intensas emoções. Uma semana tensa e intensa. Enfim, para resumir: QUEM VIVE DE PASSADO É MUSEU; O FUTURO A DEUS PERTENCER (PARA QUEM ACREDITA); E O MELHOR LUGAR DO MUNDO É AQUI E AGORA. Fui…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *