Show da amapaense Oneide Bastos terá mistura de ritmos regionais

18515_475617359260883_43016396522514602_n

Por Jéssica Alves

A cantora e compositora amapaense Oneide Bastos realizará no dia 15 de maio em Macapá o show “Quando Bate o Tambor”, que divulga o álbum de mesmo nome, lançado em 2013. O espetáculo contará com a participação especial de diversos nomes da música regional, que contribuíram na produção do CD, entre eles, os filhos da artista, Patrícia e Paulinho Bastos.

O trabalho reúne canções com influências regionais, de acordo com a cantora. Entre as músicas, estãos as composições “Não peguei o Ita”, do amapaense Nilson Chaves, “Bacabeira”, de Enrico Di Micelli, Cleverson Baia e Joãozinho Gomes, “Urubu Rei”, de Eudes Fraga e Joãozinho, e “Jurupari”, de autoria da própria Oneide, num passeio por ritmos amazônicos e elementos da cultura indígena.

Ela canta também composições do filho, Paulinho Bastos, como “Flor da Ausência” e “Canto a Amazônia”, esta última, uma parceria de mãe e filho, e “Dovê”, música composta em italiano por Oneide Bastos e Agessandro Rego.

“Quando estávamos em produção do CD, buscamos fazer uma homenagem às influências da nossa música amapaense. Foi um trabalho minucioso. Cada música é uma mistura, com nossos ritmos, como o marabaixo, o batuque, lundu e maxixe. O show em Macapá visa dar oportunidade de fazer uma grande reunião com os amapaenses que contribuíram para a concretização deste trabalho”, falou a cantora.

O trabalho da amapaense recebeu indicação para a 26ª edição do Prêmio da Música Brasileira, na categoria CD regional. Esta é a segunda obra da cantora e foi apontada pelo site Embrulhador como um dos 100 melhores CDs lançados no Brasil em 2014. Oneide afirma estar com canções inéditas para um próximo álbum. Para ela, o reconhecimento é a visibilidade da cultura do Amapá. A artista já se apresentou em cidades do Sudeste, Nordeste e Norte do país.

“Já estou em ritmo de criação para um novo álbum, mas, como a repercussão deste está tão positiva, ainda não tenho ideia de quando vou começar a gravar as novas músicas”, disse.

TrajetóriaONEIDEPREMIO

Oneide Bastos começou a carreira musical em 1977, no grupo “Seono”, que integrou até 1982. Depois ajudou a fundar o “Trio da Terra” e também integrou o “Quarteto Clave de Sol”. Ela lançou o primeiro disco, “Mururé”, em 1994.

Matriarca de uma família de músicos que atuam em diversos segmentos da cultura popular, como: carnaval, quadra junina, música, dança e outros, ela é conhecida por muitos artistas como a rainha da música da Amazônia, por defender essa temática regional há mais de seis décadas e ter a voz como referência para a nova geração.

“Fui ser cantora já depois de adulta, mas sempre convivi com a música. Estou com uma agenda cheia. Percebi que o que gosto é fazer música e por isso decidi me dedicar totalmente a ela. E estou satisfeita com todo o reconhecimento que tenho adquirido”, comemorou.

Atualmente, a cantora mora em Belém, no Pará. A turnê do álbum “Quando Bate o Tambor” segue para diversos estados das regiões Sudeste, Sul, Nordeste e Norte do Brasil.

Serviço:

Show “Quando Bate o Tambor”, de Oneide Bastos
Data: 15 de maio de 2015
Hora: a partir das 22h
Local: Bar Diretoria Drink and Music
Ingressos: R$ 20
Mais informações: 96 91313058

Fonte: G1 Amapá

Compartilhe isso!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*