Show do Angra, uma histórica noite de rock no meio do mundo

Ficamos bem em frente ao palco (área destinada para a imprensa). Foi muita chuva e muito rock – Foto: Sal Lima. 
Ignorando uma minoria de críticos, com argumentos furados, a escolha do show do Angra, banda mundialmente famosa para fechar o Equador Verão, programação de feris do Governo do Estado, foi um sucesso de público e crítica.
Os caras tocam demais, a platéia cantou todas as músicas e delirou com os acordes da banda de Heavy Metal. Eu curti demais. Nem a forte chuva que caiu na Arena do Sambódromo (olha só, rock and roll no sambódromo, uma engraçada contradição) espantou a multidão de jovens rockers.
Como incentivador e entusiasta das promoções de rock and roll em Macapá, achei tudo aquilo surreal, foi bom demais. Até que enfim um show de ponta para contemplar a juventude, pois o seguimento rock cresce no Amapá a passos largos.
 
E o final, com a execução das canções preferidas de nove entre 10 fãs da do Angra, Nova Era e Carry On, com o público pirando e a pauleira martelando debaixo do pé dágua que caia. Sim, Foi um show memorável e olha que já vi muitos shows grandes lá fora.
                                                                             Foto: Alex Capuleto.
 
Talvez tenha sido o pontapé inicial para as grandes bandas, com bagagem internacional, tocarem por aqui. Vamos torcer para que ainda rolem várias noites históricas de rock no meio do mundo.
É isso meus caros amigos rockers, “tempo novo, tempo de todos”, até para nós, os rockeiros do Amapá. Parabéns pela iniciativa, valeu!


Elton Tavares

Compartilhe isso!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*