STF atende pedido da Rede e determina que o Governo Bolsonaro preste informações sobre reajuste de 15,5% nos planos de saúde

O Ministro Dias Toffoli determinou, na quinta-feira (02), que o Governo Federal preste esclarecimentos sobre a autorização para o reajuste de 15,5% nos planos de saúde individuais e familiares, o maior aumento anual desde 2000. A decisão, publicada nesta sexta-feira (03), atende ao pedido feito pela Rede Sustentabilidade por meio de uma Arguição de Descumprimento de Preceito Fundamental (ADPF).

Para o senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP), que também apresentou um projeto de lei e um projeto de decreto legislativo para a suspensão do reajuste, esse é mais um passo para evitar que o cidadão pague pelos acordos políticos de Bolsonaro em meio a crise econômica enfrentada pelo Brasil.

“O povo merece esclarecimentos sobre esse aumento absurdo e Bolsonaro tem que se explicar. O brasileiro não aguenta mais ser entregue à carestia enquanto o governo favorece seus cúmplices”, pontuou.

Assessoria de comunicação do senador Randolfe Rodrigues

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.