‘Stonehenge da Amazônia’, o observatório astrológico erguido há mais de mil anos na floresta do Amapá

Em meio à Floresta Amazônica, existe um patrimônio arqueológico pouco conhecido até mesmo entre os brasileiros.

Descoberto em 2006, este observatório astrológico pré-colonial é composto por 127 blocos de granito com três metros de altura e teria sido construído há mais mil anos, segundo cientistas.

Localizado no Amapá, na fronteira com a Guiana Francesa, o chamado “Stonehenge da Amazônia” demarca movimentos cosmológicos, como o nascer do sol do solstício de verão.

Agora, há planos de fazer no local um parque nacional arqueológico, com visitas guiadas, para que o público possa conhecer mais as civilizações que viveram na região antes da chegada dos europeus.

Assista o documentário:

Videojornalista: Gibby Zobel
Agradecimentos ao Instituto de Pesquisas Científicas e Tecnológicas do Estado do Amapá.

Fonte: BBC Brasil

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *