Técnicos do Juizado da Infância e Juventude realizam curso preparatório para adoção

adoção (6)A equipe multiprofissional do Juizado da Infância e Juventude de Macapá- Área Cível Administrativa- realizou um curso direcionado aos postulantes à adoção, que ajuizaram pedido de habilitação ao processo adotivo em Macapá.

Mais de 20 participantes do curso, entre casais e pessoas solteiras buscaram regularizar essa exigência legal para requerer a adoção de uma criança.

O casal Raimundo Gama Pelaes (77) e Raimunda Rocha da Silva (37), com três filhos naturais, decidiu adotar Pedro Augusto, de 2 anos e 7 meses de idade. A criança já se encontra aos cuidados do casal há mais de um ano. “Para nós é uma felicidade muito grande. Queremos regularizar todos os documentos como nosso filho”, disse Raimunda Silva.

O evento, que aconteceu no plenário do Fórum de Macapá durante dois dias, serviu para esclarecer aspectos jurídicos, sociais e psicológicos da adoção.

De acordo com um dos palestrantes, o assistente social Bruno Nogueira, o curso é um dos pré-requisitos que habilitam o postulante ao direito de adotar.

“É uma exigência da lei, que prevê que os interessados devem passar por essa preparação, especialmente, porque muitas dúvidas existem e os esclarecimentos são de extrema necessidade e precaução, pela forte razão, de que os interessados em adotar podem passar à condição de pais”, explicou o técnico do Juizado da Infância e Juventude.

Assessoria de Comunicação Social/ TJAP

Compartilhe isso!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*