Toma-te: bolsonarista é condenado a indenizar Randolfe por danos morais

Bolsonarista Guilherme Dalbosco Veronese

_Decisão diz que postagens “extrapolam a liberdade de expressão” _

O internauta bolsonarista Guilherme Dalbosco Veronese foi condenado a indenizar o líder da oposição no Senado, Randolfe Rodrigues (Rede-AP), por danos morais decorrentes de publicações no Facebook nas quais são utilizados termos pejorativos e preconceituosos contra o parlamentar. A decisão datada de 13 de julho de 2022 é da 2ª Vara do Juizado Cível da Comarca de Macapá

Na decisão, a juíza Thina Luíza Sousa destaca que as publicações “extrapolam a liberdade de manifestação do pensamento e expõem a imagem do autor perante os integrantes da rede social”. Além da indenização de R$ 5 mil, também foi determinada a remoção das postagens.

Para Randolfe, a medida representa uma resposta eficiente da Justiça à rede de informações bolsonaristas, que “tentam manipular o povo brasileiro por meio de fake news e incitações ao ódio”.

“Infelizmente, neste ano, percebemos uma tendência ao uso de diferentes plataformas para reproduzir o modus operandi que este governo fascista instalou. Mas não iremos permitir que a política desonesta da extrema direita nos constranja ou altere o foco da nossa luta: a democracia e a paz”, frisou o senador.

Assessoria de comunicação do senador Rndolfe Rodrigues

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.