TRE Amapá é destaque com o melhor índice de produtividade no ano de 2015, segundo o CNJ

JustiçaEleitoral1

O Conselho Nacional de Justiça (CNJ) apresentou, na semana passada, a versão preliminar do Relatório de Metas Nacionais do Poder Judiciário. No documento, o Tribunal Regional Eleitoral do Amapá (TRE/AP) aparece com o melhor nível de produtividade entre os Tribunais Regionais Eleitorais do Brasil.

Segundo os dados no ano passado, o TRE Amapá recebeu 682 processos, sendo julgados 1.480 durante os 12 meses de 2015. Os processos são das esferas criminais e não criminais referentes ao 1º e 2º graus de jurisdição independente do ano de autuação. O percentual final alcançado de cumprimento foi de 216,69%.

De acordo com o coordenador da Assessoria de Planejamento e Gestão Estratégica (Asplan/TRE), Dr. Cláudio Xavier, por conta do alto índice de produtividade e esforço de seus magistrados e servidores, o TRE Amapá foi destaque na última reunião do CNJ.

A Titular da Secretaria Judiciária Eleitoral (Sejud/TRE-AP), Odete Scalco, agradeceu a dedicação da sua equipe e destacou que a obtenção desse excelente resultado eleva ainda mais o grau de confiança que a sociedade tem perante a Justiça Eleitoral do Amapá.

FachadaTREDaniel

Meta 1

Com foco na produtividade e a prevenção à formação de estoque de processo nos Tribunais de todo o país, a Meta 1 orienta para o julgamento de uma quantidade maior de processos, incluindo também recursos, independe do ano de sua origem. O objetivo é que o número de processos julgados seja superior aos processos que são protocolados no ano em curso.

Justiça eleitoralFotoDaniel
Metas Nacionais de 2015

Aprovadas pelos Presidentes dos Tribunais no 9º Encontro Nacional do Judiciário, em Florianópolis-SC, as Metas Nacionais foram compromissos assumidos pelo Poder Judiciário.

Os números são lançados pelos próprios órgãos do Judiciário em um sistema eletrônico disponibilizado pelo Conselho Nacional de Justiça.

estatistica1

O presidente do TRE, Desembargador Carlos Tork, enfatizou que o resultado deve-se ao bom trabalho de diversas equipes da Justiça Eleitoral.

“Quero agradecer o esforço e empenho dos Juízes Membros e Procuradoria Eleitoral, dos servidores da Secretaria Judiciária, da Assessoria dos Juízes, do Controle Interno. Esse resultado não seria possível sem a dedicação da secretária judiciária Odete Scalco, que junto com a sua equipe desempenhou um belíssimo trabalho a frente desses resultados”, destacou o presidente.

Serviço:

Tribunal Regional Eleitoral do Amapá
Assessoria de Comunicação e Marketing
Daniel Alves
Fones: 2101-1504/84059044/91474038

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *