TRE-AP apresenta demonstrativo de votos dos eleitores da Capital para o cargo de prefeito

imagem-grafico
A Assessoria de Planejamento e de Gestão Estratégica do Tribunal Regional Eleitoral do Amapá (Asplan/TRE-AP) apresentou, nesta quinta-feira (6), dados estatísticos sobre a votação do 1º Turno das Eleições Municipais 2016. O comparativo faz uma relação do pleito deste ano com as últimas eleições. Os gráficos da Asplan são referentes ao período de 2000 a 2016, para o cargo de Prefeito de Macapá. Em 16 anos, o eleitorado da capital quase dobrou, alcançando 277.689 eleitores.

O mapa mostra que em 2000, Macapá possuía um eleitorado de 144.393 pessoas. Na Eleição para a Prefeitura houve 118.260 votos válidos, 1.146 votos brancos e 5.690 nulos, além de 19.297 abstenções. Na Eleição seguinte, 2004, já com uma população votante correspondente a 193.475, o número de votos válidos alcançou 157. 658, sendo que houve 1.149 votos brancos, 6.229 votos nulos e 28.439 abstenções.

O ano de 2008 foi marcado pela primeira Eleição para a chefia do executivo municipal com dois turnos de votação. A população de eleitores da capital já era de 219.241. Com isso, no primeiro foram contabilizados 181.025 votos válidos e no segundo 177.217. A contagem de votos brancos e nulos na primeira etapa chegou a 7.576 (3,46%), sendo que na segunda houve uma redução para 5.458 (2,49%). Nessa época, o número de abstenções significou 13,98% (30.640) e no segundo 16,98% (36.566).

numero

De acordo com o chefe da Asplan, Dr. Cláudio Xavier, no último pleito para prefeito, realizado em 2012, também ocorreram dois turnos. Naquele momento, o número de eleitores era de 253.365. Ele explicou que aquela Eleição significou o maior número de abstenções do gráfico, 18,27% (46.301), somente no segundo turno. Os votos brancos e nulos decaíram da primeira fase que simbolizava 4,05% do total, para 2,73%.

No primeiro turno das Eleições Municipais deste ano, dos 277.689 eleitores aptos a votar, somente 213.359 contabilizaram votos válidos. O número de votos brancos foi de 5.763 (2,08%) e os nulos 13.201 (4,75%) votos. As abstenções em relação ao último pleito para prefeito reduziram, chegando a 45.366 (16,34%).

Serviço:

Daniel Alves
Tribunal Regional Eleitoral do Amapá
Assessoria de Comunicação e Marketing

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *