TRE-AP aumenta o número de equipes e postos para melhorar o atendimento ao eleitor na Casa da Cidadania

DrVeridianoColaresDIRETORGERALdoTRE
Diretor geral do TRE-AP, Dr. Veridiano Colares – Foto: Daniel Alves

Em reunião realizada na última semana, o diretor geral do Tribunal Regional Eleitoral (TRE-AP), Dr. Veridiano Colares, debateu com secretários, coordenadores chefes de seção, chefes de Cartórios Eleitorais e assessores da instituição formas de melhor atender a população. A preocupação do TRE é o fechamento do Cadastro Eleitoral, no dia 4 de maio próximo. O resultado do encontro foi a intensificação do serviço ao eleitor por meios de equipes auxiliares provenientes de outros setores do órgão. O aporte de pessoal iniciou na última terça-feira (5).

De acordo com o diretor geral do TRE, o efetivo de servidores que atuam na Casa da Cidadania, que abriga a 2º e 10º Zonas Eleitorais de Macapá, não é suficiente para atender a demanda, pois a população já começou a lotar o espaço para a regularização junto ao TRE. A solução foi pedir apoio aos serventuários que trabalham na sede do Tribunal e treinar estagiários para efetuar os atendimentos.

CasaCidadaniaLotada
Foto: Daniel Alves

Por conta do reforço, a Casa da Cidadania passou a executar os serviços em 24 postos de atendimento, ao invés dos 14 habituais, em época de funcionamento normal.

“Estamos empenhados nos preparativos para as Eleições Municipais de 2016. Bem atender o eleitor é o nosso dever e por isso traçamos essa estratégia para que todos sejam atendidos antes do fechamento do Cadastro Eleitoral. O atendimento ao eleitor faz parte da execução do pleito com o máximo de eficiência e assim o faremos”, enfatizou Veridiano Colares.

Alerta de prazos e horários

O Cadastro do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) fechará no dia 4 de maio deste ano. Ou seja, falta menos de um mês para o fim do prazo de regularização dos eleitores junto ao TRE. É preciso que a população procure os Cartórios Eleitorais da capital e interior, no horário de 8h às 14h, antes do dia 4 de maio, pois evitarão transtornos como grandes filas e longa espera para obter os serviços.

CasadaCidadaniaDaniel
Foto: Daniel Alves

Serviços disponibilizados:

Alistamento: expedição do primeiro Título Eleitoral.
Transferência de Domicílio Eleitoral: mudança de município onde o eleitor vota e mudança de localidade; alteração de endereço no seu título eleitoral;
Requisição de seção especial: solicitação para que o eleitor com deficiência ou mobilidade reduzida solicite sua transferência para local de votação que atenda sua necessidade, sem obstáculos de ordem urbana.

Idades aptas para o voto

O alistamento eleitoral e o voto são obrigatórios para os maiores de 18 anos e facultativos para os analfabetos, os maiores de 70 anos e os maiores de 16 e menores de 18 anos, conforme o artigo 14 da Constituição Federal. Pode se inscrever para votar o jovem que completar 16 anos até o dia da eleição, em 2 de outubro.

Serviço:

Tribunal Regional Eleitoral do Amapá
Assessoria de Comunicação e Marketing
Elton Tavares
Fones: 2101-1504/84059044/91474038

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *