TRE do Amapá reúne com representantes de partidos para tratar sobre comunicações nas eleições 2018

O Tribunal Regional Eleitoral do Amapá (TRE-AP), através da Secretaria Judiciária-SEJUD, realiza na próxima segunda-feira (09), 15h, no auditório de EJE-TRE-AP, uma reunião com representantes de todos os partidos com representação no estado do Amapá, para tratar sobre eleições 2018.

Na pauta do encontro: As comunicações entre a Justiça Eleitoral e os partidos (e-mails, WhatsApp, mural eletrônico, Diário de Justiça Eletrônico e oficial de justiça). No encontro também será tratado sobre a atualização cadastral dos partidos, representatividade, e a capacitação dos representantes partidários para a operacionalização do módulo externo do sistema de registro de candidaturas (CANDEX).

Conforme a SEJUD-TRE-AP, os partidos foram convocados pela Justiça Eleitoral, através de ofícios, em tempo hábil, para que enviem seus devidos representantes e seus respectivos advogados. Os servidores Orlando Júnior, Lena Mendes e Raimundo Fonseca, serão os facilitadores da reunião.

O secretário judiciário do TRE-AP, Orlando Júnior, destaca a importância da participação dos representantes partidários, assim como seus advogados, para que tomem ciência sobre a situação de suas siglas, dentro da Justiça Eleitoral, e busquem sua devida regularização.

Ele ressalta que é o momento para ver, por exemplo, como está a situação cadastral, se está suspenso, se tem multas pendentes ou se estão com diretório vencido. “Essa é a parte informal, para que todos façam sua regularização e evitem problemas no período do registro de candidaturas”, acrescenta o secretário.

Capacitação

Neste mês de julho, o Regional realiza a capacitação de servidores e partidos para a operacionalização dos sistemas que administram os registros de candidaturas. “Para que possam processar os registros de candidaturas com relação à documentação de partidos e a inserção de dados dos partidos nos sistemas CAND e PJe”, explica o secretário Orlando Júnior.

Conforme a SEJUD, esses documentos é que vão definir se as candidaturas estão aptas ou não. Daí a importância de capacitá-los para a devida utilização dos sistemas.

Inovação

Nas eleições deste ano, o processo de registro de candidaturas, no que tange à documentação, será totalmente – via internet ou mídia digital – o que exige treinamento específico dos servidores envolvidos neste procedimento.

Tribunal Regional Eleitoral do Amapá
Assessoria de Comunicação e Marketing
98414-2659 32101-1504
Cley de Jesus Sarraf de Abreu

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *