TRE já realizou mais de 1.500 revisões biométricas na 50ª Expofeira


A 50ª Expofeira Agropecuária do Amapá, cujo tema deste ano é “Mais de meio século plantando e colhendo desenvolvimento”, conta com um posto de atendimento do Tribunal Regional Eleitoral (TRE). Até a quinta-feira, 3, foram contabilizadas mais de 1.500 revisões biométricas, em média 300 por dia de feira.

São três guichês de atendimento, que funcionam das 9h às 21h30. Segundo a secretária de Administração e Orçamento do Tribunal, Dilma Pimenta, o órgão decidiu instalar os postos de atendimento na Expofeira devido ao grande fluxo diário de visitantes.

“Faz parte da estratégia do TRE levar a revisão biométrica para mais perto dos eleitores e a Expofeira é um evento que reúne um imenso público. Por isso queremos estimular o eleitor a não deixar para fazer a revisão na última hora”, ponderou a secretária.

A iniciativa visa ainda atender os eleitores do Vale Verde, Distrito de Fazendinha e Horto, que ficam no entorno do Parque de Exposições, onde acontece a Expofeira, região que o TRE ainda não tem um posto de atendimento fixo.

Segundo a eleitora Fernanda Monteiro, ter um posto de atendimento na Expofeira lhe facilitou efetuar a revisão biométrica. “Não tenho tempo de me deslocar até o TRE devido ao meu trabalho e, com o posto aqui, pude fazer a minha revisão sem precisar enfrentar grandes filas”, justificou.

A revisão biométrica é obrigatória a todos os eleitores do Estado do Amapá. Em Macapá, a revisão segue até o final de novembro e aqueles que não realizarem o cadastro terão os títulos cancelados, podendo sofrer sanções previstas em leis.

O TRE pretende estender o atendimento no Parque de Exposições da Fazendinha até a próxima terça-feira, 8, a fim de alcançar o maior número de eleitores. Para tanto, o cidadão deve apresentar um documento original com foto, sendo dispensado o comprovante de residência.

Texto: Ana Barbosa
Fotos: Sal Lima

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *