TRE precisa de 350 mesários para as eleições deste ano em Macapá

img_6836-1-768x512

Por Fabiana Figueiredo

O Tribunal Regional Eleitoral (TRE) do Amapá está precisando de 350 mesários voluntários para atuação em Macapá. A demanda é necessária para a realização organizada das Eleições Municipais 2016.

Para trabalhar como mesário, o cidadão precisa ser maior de 18 anos, ter concluído o ensino médio ou estar prestes a concluir; não ter grau de parentesco até o segundo grau com candidato a cargo eletivo; além de não ter pendências com a Justiça eleitoral.

O interessado pode procurar a Casa da Cidadania, na Av. Mendonça Júnior, 1452, bairro Santa Rita, Zona Central de Macapá. A unidade funciona no horário de 8h às 19h, de segunda a sexta-feira, e de 14h às 19h aos sábados.

No ato da inscrição é entregue uma carta de nomeação e o interessado passa por treinamento para as atividades durante o pleito. Os mesários prestarão serviços para as 2ª e 10ª Zonas Eleitorais de Macapá, onde atuarão mais de 3 mil voluntários. Em todo o Amapá são esperados 6 mil voluntários, segundo o TRE.

Benefícios

Os voluntários receberão certificados com benefício da carga horária como disciplina complementar, de até 30 horas. O mesário também é dispensado de qualquer serviço que presta na data do treinamento e do pleito, mediante declaração expedida pela Justiça Eleitoral.

Ainda é contemplado com folga pelo dobro dos dias trabalhados, incluídos os dias de treinamento, sem prejuízo do salário, vencimento ou qualquer outra vantagem.

Os mesários vão aprender sobre como funcionam as seções, a urna eletrônica, a identificação digital do leitor biométrico, entre outras atribuições dos mesários. Haverá aulas teóricas de direito eleitoral e atendimento ao público, e práticas.

Fonte: G1 Amapá

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *