Tribunal do Júri de Macapá condena irmãos acusados de matar a tiros a vítima Antônio Vale da Conceição

O Conselho de Sentença do Tribunal do Júri da Comarca de Macapá, sob a presidência da juíza Lívia Freitas, julgou, na quinta-feira (13), os irmãos Wedeson Ferreira Trindade e Webeton Ferreira Trindade pelo crime de homicídio qualificado. A vítima, Antônio Vale da Conceição, foi morta a tiros. O júri se refere à Ação Penal nº 0047647-95.2021.8.03.0001.

Os jurados consideraram culpado por homicídio qualificado o primeiro réu (Wedeson), com pena de 15 anos e nove meses de prisão – em regime inicial fechado, mas o segundo (Webeton) teve a acusação desclassificada e foi condenado por lesão corporal seguida de morte, com pena de quatro anos e oito meses de reclusão – regime inicial semiaberto.

Segundo a acusação, no dia 09 de junho de 2021, por volta das 04h50min, em frente a um estabelecimento comercial localizado no Bairro Novo Horizonte, em Macapá, os réus mataram Antônio Vale da Conceição a tiros e na companhia de um adolescente.

Ao réu Wedeson foi negado o direito de recorrer em liberdade e ao réu Webeton foi determinada expedição de alvará de soltura. O julgamento foi transmitido ao vivo e segue disponível no Canal do TJAP do YouTube.

O julgamento integrou a pauta dupla do Mutirão do Tribunal do Júri, iniciado em 14 de maio e encerrará nesta sexta (14 de junho).

Neste sistema, a unidade pauta dois processos para julgamento simultâneo, um no plenário do Anexo do Fórum de Macapá (acesso pela Rua Manoel Eudóxio), presidido pela juíza Lívia Freitas (titular), e outro no plenário do Fórum (acesso pela Avenida FAB), presidido pela juíza substituta Sara Zolandek.

– Macapá, 14 de junho de 2024 –

Secretaria de Comunicação do TJAP
Fotos: Flávio Lacerda
Central de Atendimento ao Público do TJAP: (96) 3312.3800

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *