TRINA CERVEJARIA. Conhecendo a 1ª cervejaria artesanal do Amapá e a MY GROWLER STATION.

Por Aline Souza Monteiro

No fim do ano passado o Amapá ganhou sua primeira fábrica de cervejas artesanais, a TRINA CERVEJARIA, fruto do sonho e dedicação do mestre cervejeiro amapaense, Marcelo Fiel.

A história da TRINA, no entanto, nasceu muito antes, há 12 anos, quando Marcelo tentou trazer para Macapá a franquia de uma famosa cachaçaria e se deparou com a exigência de que o estabelecimento deveria também oferecer cerveja estilo chopp. O problema é que, à época, não existia cerveja em barril no Amapá. Ao procurar uma alternativa, Marcelo conheceu um alemão que fabricava equipamentos para produção de cerveja e também produzia alguns rótulos desse tipo de bebida.

E foi assim que teve seu primeiro contato com cerveja artesanal e daí em diante mergulhou fundo nesse universo!

Começou a investir em conhecimento na área e, após fazer um curso, se tornou um “beer sommelier”, que é o profissional apto a sugerir harmonizações com cerveja e elaborar cartas com o produto.

Com vontade de aprender mais ainda, Marcelo fez também o curso de mestre cervejeiro e estágios em cervejarias da Bélgica, Alemanha, Inglaterra e Estados Unidos, que são exatamente os países das consideradas 4 escolas cervejeiras existentes no mundo.

Voltando para o Amapá, decidiu abrir sua própria cervejaria, com a proposta de valorizar as coisas da região, produzindo cervejas 100% artesanais, fabricadas com a água do Rio Amazonas, sem conservantes e pautada no consumo sustentável.

Escolheu o nome TRINA (=algo composto por três) para fazer referência aos três principais ingredientes da receita da cerveja: malte, lúpulo e água.

Atualmente a cervejaria conta com nove rótulos, sendo elas: a TRINA (estilo Weiss, que é uma cerveja à base de trigo), a MARABAIXO (estilo Witbier, cerveja de trigo temperada, que tem toques de laranja, coentro e gengibre, e é uma homenagem à bebida amapaense Gengibirra), a SANTA PIEDADE (estilo Pilsen, a tradicional e popular cerveja clara), a NEGUINHA GELADA (cerveja escura, estilo Dunkel, feita com malte achocolatado), a BÚFALO DO MARAJÓ (cerveja com sabor marcante de chocolate) , a IPA NA TULIPA (cerveja no estilo IPA, mais amarga e feita com bastante lúpulo), a PAI D’ÉGUA (cerveja com baixo teor alcoólico), a CUNANI (cerveja feita com cereais) e a BACABA BEER (cerveja que possui aroma de caramelo e feita em homenagem à fruta Bacaba, comum no Norte do Brasil).

E seguindo o projeto de consumo sustentável, a TRINA CERVEJARIA acaba de lançar a primeira estação informatizada de autosserviço para enchimento de Growler do Brasil, a MY GROWLER STATION.

GROWLER? Como assim? O que é isso? Também me perguntei!

GROWLER é o nome dado ao recipiente usado para levar cerveja fresca direto da torneira da fábrica ou de bares para casa ou qualquer outro lugar, sem necessitar de chopeira ou barris para tanto. Pode ser de vidro, cerâmica, plástico ou alumínio. A tampa de rosca ou de pressão com presilha, dependendo do modelo do GROWLER, evita a perda do gás carbônico e conserva a cerveja por alguns dias.

Embora seja a última tendência no mercado cervejeiro do Brasil, o GROWLER surgiu nos EUA, ainda no século XIX, mas, com o passar do tempo e maior comercialização da cerveja, perdeu espaço para as garrafas tradicionais de vidro que bem conhecemos hoje em dia. Voltaram a aparecer na década de 80 e viraram febre nos EUA e Europa.

Já uma GROWLER STATION nada mais é do que um estabelecimento especializado na venda dessa cerveja, onde você vai levar seu GROWLER para ser enchido.

E a MY GROWLER STATION da TRINA CERVEJARIA traz o melhor da tecnologia brasileira, americana e alemã. Por lá você pode se servir quando e quanto quiser nas torneiras de cerveja da loja, pagando exatamente pela quantidade que adicionou ao recipiente e com a grande novidade de utilizar um cartão pessoal emitido por eles, o BEER CARD. Ah, e também pode comprar o GROWLER em vários modelos e tamanhos e todos os rótulos da TRINA CERVEJARIA.

A inauguração da MY GROWLER STATION aconteceu no último dia 09/07/2017, num grande evento que contou com a presença de várias autoridades e do público apreciador de cerveja do Estado. Foi uma noite que ofereceu boa gastronomia, exposição de arte e muita música, com a presença de diversos artistas locais e da cantora franco-brasileira Lia Sophia.

Não tinha como começar melhor, não é?

Bem, eu adorei conhecer a história do MARCELO FIEL, os sabores da TRINA CERVEJARIA e toda a inovação e tecnologia da MY GROWLER STATION! Se você também quiser conhecê-la, dê um pulinho por lá! Fica aqui em Macapá, na rua Jovino Dinoá, nº 4404, na esquina com Av. Tupis, no bairro Beirol.

Abraços e tim-tim pra você!

Fonte: O mundo por Aline – Viagens e Gastronomia

Compartilhe isso!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*