Trina, da revolução ao futuro da cerveja

Com o intuito de ousar no segmento de cerveja, a Trina desponta no mercado com ideias inovadoras e cria uma startup jamais vista em Terras Tupiniquins

Marcelo Fiel é o nome que idealizou toda essa receita de conforto, alegria e cerveja. Conhecido também como Mestre Cervejeiro, é dono da primeira cervejaria gourmet do Amapá, a Trina, que fica na Jovino Dinoá, no Beirol, e, pensando no futuro, lança a empresa como uma startup com o aplicativo e a boutique móvel da cerveja, nesta sexta-feira (31), no Luau da Samaúma.

A Trina hoje oferece 13 rótulos de cerveja, feitos com água do Rio Amazonas, inspiradas nas quatro escolas de cerveja: alemã, belga, inglesa e americana. Todos os países dessas escolas foram visitadas pelo Mestre Cervejeiro em sua trajetória de aprendizagem. Dentre seus 13 rótulos criados, ele oferece as cervejas no estilo pilsen (a mais tradicional), dunkel, ipa e stout.

De acordo com Marcelo, a Trina está redesenhando a forma como as pessoas querem tomar cerveja, não só no Amapá, mas no mundo, ao lançar a boutique móvel de cerveja. “A boutique móvel é inovadora porque ela oferece para o usuário quatro tipos de cervejas diferentes, é um quiosque totalmente automatizado, que funciona tanto com a apresentação do cartão do cliente, quanto você baixando o aplicativo e, com a aplicação do crédito, você libera a torneira”, diz o Mestre Cervejeiro.

App e sustentabilidade

A casadinha do aplicativo junto à boutique coloca a Trina no hall das startups, pois não precisa de nenhum tipo de intervenção humana para o cliente se servir e beber cerveja, dos mais variados tipos. Marcelo, além empreender na inovação da cerveja, também se preocupa com a produção sustentável de sua empresa. Seu estilo de produção e venda descarta o modelo padrão do mercado que produz muitas garrafas e logo, muito lixo. “No nosso modelo, cobrado por ml, você tem a experiência de provar quantos estilos quiser, gastando muito pouco. Enquanto em outro modelo, paga por 350 ml numa garrafa e você acaba não gostando da cerveja, talvez até querendo jogá-la fora”, acrescenta.

Ao ser perguntado quais são as principais características de sua startup, Marcelo diz que a empresa alia tecnologia do aplicativo com o modelo replicável. “Um dos nossos maiores diferenciais é poder escalonar muito facilmente e poder colocar os serviços que a gente tá oferecendo, em praça, bar, casa noturna, condomínio, enfim. O céu é o limite, uma vez que estamos falando de uma bebida que é a paixão de todo um povo”, finaliza.

Luau da Samaúma

O Luau da Samaúma está em sua segunda temporada e acontece nesta sexta-feira (31), às 17h, e conta com uma programação diversificada, com música, contação de história, marabaixo e discotecagem. O ponto de encontro é na praça em frente à sede do Ministério Público Estadual (MP-AP), bairro do Araxá, Orla. Segundo a organização do evento, a proposta do tradicional evento é a busca da ocupação dos espaços públicos da cidade, garantindo ao público o acesso à cultura e diversão.

Assessoria de comunicação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *