U2 de Belém? Nunca mais!

                                                                                             Por Elton Tavares

Ontem (10) fui à reinauguração do Bar Sassas, arrendado pelo marido de uma velha amiga. A atração era a banda U2 Cover, de fora do Estado. Realmente parecia uma boa pedida. Entendam, não estou detonando o local e nem os proprietários, acredito que eles também não sabiam que o “cover da banda U2”, trazida de Belém (PA) é tão ruim.

A banda, que nem me dei ao trabalho de saber o nome, deve fazer muito sucesso nos municípios paraenses de Abaeté, Chaves, Breves, Afuá e etc. Mas duvido que aqueles caras sejam bem aceitos na capital paraense, onde já assisti a shows de muitas bandas legais.

E a bandeira da Irlanda? Parece que os figuras costuraram lençóis desbotados nas cores do país, para enrolar no vocalista, muito mau caracterizado de Bono Vox (mas a aparência não é o x da questão). O baixo estava muito baixo, o batera e o guitarrista erraram, um verdadeiro festival de cagadas.

No Sassas, estavam meus amigos da banda amapaense The Malk, que fazem melhor que eles com uma mão nas costas. O evento de ontem foi um prato cheio para aqueles que defendem a idéia de não apoiar festas com bandas covers e sim o rock autoral, genuinamente local.

Bom, desencontros de opinião a parte, o grupinho paraense não chega nem perto da banda cover de Brasília (DF), que eu e alguns amigos que prestigiaram o Sassas ontem, vimos no Sesc-Araxá, em 2006. Definitivamente, U2 de Belém, nunca mais!
  • Sempre que posso, prestigio os eventos das bandas autorais daqui (gosto bastante, inclusive), mas sinto falta de ouvir um bom cover, e quando me alegro é isso. “Definitivamente, U2 de Belém, nunca mais!” -Nunca mais MESMO! (Que eu não morra pela boca) rs
    Não sou expert em notas musicais, mas eram gritantes as desarmonias da banda. Eu ri tanto, que não fiquei mais de 30 min ali. A banda de Brasília, de fato, deixou saudade, assim como a The Malk deixa quando não toca.
    O que me resta é continuar com os meus dvds, cds, MP3 do U2… Para quando chegar Abril, que torço imensamente sobreviver a essa batalha sangrenta de compra de ingresso, estar em total entusiasmo. rs.

    Abraço.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.