Ueap celebra 17 anos de história com consolidação do ensino superior no Amapá

A Universidade do Estado do Amapá (Ueap) chega aos 17 anos de história com presença do ensino universitário consolidada na capital e no interior. Desde 31 de maio de 2006, a instituição mantém o compromisso de formar cidadãos comprometidos com a ética e o desenvolvimento sustentável. Uma programação cultural marcou a celebração, na última quarta-feira, 31.

A Ueap foi criada com a missão de potencializar a biodiversidade encontrada no estado para transformá-la em oportunidade de negócios, com o objetivo de beneficiar as populações locais, mantendo a conservação do meio ambiente.

Hoje em dia, a instituição oferta 18 cursos, como Engenharia Florestal, Música e Tecnologia em Design. Além de manter um campus em Macapá, a universidade inaugurou, em abril de 2023, o campus da Região dos Lagos, no município de Amapá.

O novo campus já oferta os cursos de bacharelado em Engenharia Agronômica e licenciatura em Matemática, além de contar com estrutura de auditório, salas de aula e administrativas e 6 laboratórios. Através de parcerias, a unidade também passa a ofertar o curso de Zootecnia.

Com o concurso público, lançado este ano, a universidade poderá expandir o quadro administrativo e garantir o funcionamento da instituição no interior do Estado, garantindo o ensino e potencializando mão de obra qualificada nas regiões mais distantes do centro urbano.

Segundo a reitora da universidade, Kátia Paulino, o momento atual é de diálogo, crescimento e avanço na educação.

“Temos muito o que comemorar, além da expansão estrutural, estamos com concurso em andamento, previsão de iniciar as obras de mais um campus na capital, iniciar a verticalização do campus da área central de Macapá, abertura das turmas de direito e muito mais. Estamos em um diálogo constante com o Governo do Estado e a bancada federal, e é isso que tem nos oportunizado ir além com a Ueap”, ressalta Kátia.

Celebração

A história da instituição se entrelaça com a de pessoas como o jardineiro Marlindo Almeida, que trabalha no local desde a inauguração. Ele aproveitou a folga para acompanhar a programação cultural que marcou o aniversário da Ueap na quarta-feira, 31.

“É emocionante ver a instituição completar 17 anos, por aqui já vi muitos entrarem e saírem formados, voltando inclusive para agradecer. É uma história que a gente acompanha, crescemos juntos!”, conta o servidor.

Texto: Rafaela Bittencourt
Foto: Jorge Júnior/GEA
Secretaria de Estado da Comunicação – SECOM

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *