Vacinação contra a Covid-19 avança nas comunidades do Bailique

O Distrito do Arquipélago do Bailique recebeu neste fim de semana mais uma ação de vacinação contra a Covid-19. A Prefeitura de Macapá realizou a campanha através da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) em três comunidades: Foz da Gurijuba, Franco Grande e Freguesia. Cerca de 300 pessoas receberam a primeira dose da vacina Astrazeneca.

A campanha nas comunidades ribeirinhas é uma determinação do Plano Nacional de Imunização, seguida pelo município. “A Prefeitura de Macapá cumpre todas as determinações do Ministério da Saúde e leva esperança através da vacinação contra a covid. A imunização das comunidades ribeirinhas é primordial, porque essa população tem maior dificuldade para acessar os serviços de saúde oferecidos pelo poder público. Nós fazemos esse trabalho com muita dedicação e amor. Vacinar é um ato humanitário e a única forma de vencer a pandemia”, ressaltou a secretária municipal de saúde, Karlene Lamberg.

Francinaldo Pereira, morador da comunidade de Foz da Gurijuba, estava ansioso pela primeira dose do imunizante. Ele perdeu o irmão para a Covid-19 há cerca de um mês, e lamenta que não tenha tido a mesma oportunidade de receber a vacina.

“Pra mim essa campanha significa esperança. Depois que meu irmão morreu, eu vi que somente a imunização pode mudar nossa realidade. Fico até emocionado, porque queria muito que ele tivesse tido essa chance. Quem já perdeu alguém que ama na pandemia sabe que com essa doença não se brinca”, afirmou.

A Maria de Nazaré, da comunidade de Freguesia, garante que, mesmo depois de completar o ciclo de duas doses da vacina, vai continuar seguindo as regras sanitárias. “É importante continuar usando máscara e álcool em gel para limpar as mãos. Eu já recebi a primeira dose, mas muita gente não. Por isso não vou relaxar”, disse a moradora.

As ações nas comunidades ribeirinhas contam com o apoio dos próprios moradores, que informam previamente a lista com os nomes das pessoas que deverão ser vacinadas. “Essa é também uma estratégia para garantir que todos sejam imunizados corretamente, e de acordo com o cronograma, como determina o PNI”, salientou a secretária Karlene.

Além da vacina contra a covid, a equipe da Semsa realizou a campanha de vacinação contra o HPV e Tríplice Viral nas crianças e adolescentes das comunidades visitadas.

Secretaria Municipal de Comunicação Social

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *