Vacinação contra sarampo segue até 31 de agosto

A Prefeitura de Macapá segue até o dia 31 de agosto a vacinação contra o sarampo. Desta vez, voltada para o público de 20 a 49 anos. Nesta etapa, a vacinação visa imunizar os jovens e adultos que ainda não foram vacinados ou que já fizeram a dose da vacina anteriormente. Eles devem procurar as Unidades Básicas de Saúde (exceto as vocacionadas para o atendimento de casos de Covid-19), de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h. Mantendo sempre os cuidados necessários de prevenção e combate ao novo Coronavírus, como o uso obrigatório de máscara.

Para vacinar, é necessário levar cartão de vacina ou um documento de identificação. “A proposta é abranger a vacinação do público jovem, que geralmente é mais resistente em buscar os serviços de saúde e tem os índices de vacinação mais baixo”, explica a coordenadora municipal de Imunização, Jorsette Cantuária. A vacina tríplice viral, além do sarampo, protege contra a rubéola e caxumba.

A vacina também permanece disponível nas unidades de saúde para as crianças a partir de seis meses a menores de cinco anos de idade, que ainda não foram imunizadas e que também precisam fazer duas doses da vacina. De acordo com dados da Vigilância Epidemiológico do Município, neste primeiro semestre de 2020, seis casos da doença foram registrados no município, entre crianças menores de 1 ano a 9 anos de idade.

“É importante não só para esses jovens de 20 a 49 se manterem vacinados e procurar as unidades para fazer essa imunização, como também é muito importante que os pais possam manter a caderneta das crianças, principalmente as que estão iniciando o esquema vacinal, atualizadas, para que elas estejam protegidas contra a transmissão do sarampo”, alerta a coordenadora.

O sarampo

É uma doença altamente contagiosa, que pode evoluir para complicações e levar à morte. Ela pode ser evitada com a vacina tríplice viral, que protege também contra a rubéola e a caxumba. Ela é aplicada aos 12 meses, com reforço aos 15 meses com a tetraviral (sarampo, rubéola, caxumba e varicela). Até os 29 anos, a recomendação é tomar duas doses do imunizante. Entre 30 e 59 anos, a pessoa deve ser vacinada uma vez. Para quem não sabe se já tomou o número adequado de doses, a orientação é se imunizar.

Secretaria de Comunicação de Macapá
Karla Marques
Assessora de comunicação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *