‘Vamos fazer tudo o que está ao nosso alcance para auxiliar essas famílias’, afirma Clécio Luís sobre alagamentos causados pelas chuvas intensas em Macapá

O governador Clécio Luís reforçou o compromisso do Governo do Amapá em auxiliar as famílias atingidas por alagamentos durante as chuvas intensas na capital. Na noite de terça-feira, 13, o gestor esteve na Escola Estadual Reinaldo Damasceno, na Zona Sul da capital, e conversou com as pessoas acolhidas na unidade.

“Na escola, são ofertados serviços de assistência, como o cadastro em programas sociais, entrega de cestas básicas, kits de higiene e dignidade menstrual. Vamos fazer tudo o que está ao nosso alcance para auxiliar essas famílias”, pontuou Clécio Luís.

As 15 salas de aula da escola estão disponíveis para oferecer abrigo à população que teve as casas alagadas. Os dormitórios provisórios foram equipados com colchões, redes e mosqueteiros. A equipe de merendeiras da unidade também foi convocada para preparar refeições aos desabrigados.

Gestores de diversas Secretarias de Estado estiveram presentes no acolhimento das famílias, além do senador Randolfe Rodrigues, que reforçou a união entre os poderes para enfrentar as dificuldades.

“Estamos juntando os nossos esforços para dar todo o apoio e acolhimento aos impactados pelos alagamentos. Dessa forma, os serviços acontecem com maior eficiência e celeridade, que é o que a população precisa”, afirmou o senador.

A Escola Reinaldo Damasceno também é um dos pontos para receber doações direcionadas às famílias desabrigadas. Outro ponto é a Secretaria de Estado de Políticas para as Mulheres, na Rua São José, nº 7570, no Centro. Dentre os principais itens solicitados, estão roupas, móveis, sapatos, brinquedos e eletrodomésticos.

Quem não puder ir aos pontos de doação, pode entrar em contato com as equipes pelo número (96) 98403-0711 e informar o endereço para coleta do itens em domicílio.

Acolhimento às famílias

Brinquedos, lápis de cor, folhas, livros e carteiras também foram disponibilizados para acolher as crianças que passaram por esta mudança brusca de rotina. O espaço foi montado pela Secretaria de Estado de Educação (Seed), na quadra da escola.

De acordo com a gestora da pasta, Sandra Casimiro, o espaço lúdico foi pensado para alentar os pais e oferecer momentos de lazer aos pequenos, que podem se agitar com o novo ambiente.

“Nossa prioridade máxima é o bem-estar das pessoas que estão sendo acolhidas aqui, com destaque para as crianças. Caso seja necessário, também vamos levar as ações de assistência ao ginásio Avertino Ramos, no bairro Central”, afirmou Sandra.

Bruno Thiago, de 21 anos, foi um dos impactados pelas fortes chuvas em sua casa. Após saber dos serviços ofertados na escola, decidiu levar sua família para passar a noite na unidade.

“Saímos ainda hoje de casa. As crianças ficam muito agitadas com todo o movimento, então gostei muito do espaço para elas brincarem. Esse auxílio vai ser importante para nos ajudar nesse momento”, pontuou Bruno.

Texto: Léo Nilo
Fotos: Aog Rocha e Glauber Tiriyó/GEA
Secom GEA

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *